Ronaldo. Manchester United “não acreditou” totalmente nos problemas de saúde da filha

O futebolista ficou de fora da pré-época do Manchester United, alegando motivos familiares. Agora, o atleta conta a sua versão da história, através de uma entrevista a Piers Morgan. Entrevista é transmitida esta quinta e sexta-feira pela RTP.

Quando Cristiano Ronaldo transmitiu aos diretores do Manchester United que a sua filha estava a passar por problemas de saúde, estes tiveram dúvidas sobre a veracidade da situação. “Não acreditaram [totalmente] que algo estava errado”, garante o português, que lembra que este foi um episódio que o “magoou.”

No dia 18 de abril, Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez conta do falecimento do seu bebé. O casal esperava o nascimento de um par de gémeos falsos, mas o bebé perdeu a vida durante o parto. A bebé nasceu, mas viria a ter problemas de saúde nos primeiros meses de vida, obrigando o internacional português a falhar os compromissos com o seu clube.

É que, mais tarde, o futebolista ficou de fora da pré-época do Manchester United, alegando motivos familiares. Na altura, Ronaldo foi apontado a diversos clubes, de diferentes campeonatos, correndo a ideia de que queria deixar a cidade de Manchester para jogar num clube que jogasse na Liga dos Campeões.

Agora, o atleta conta a sua versão da história, através de uma entrevista a Piers Morgan, para a “Talk TV”. Vários excertos já haviam sido revelados nos últimos dias, mas agora foram conhecidos mais declarações do futebolista.

“Eles duvidaram da minha palavra”, garante o atleta, deixando claro que o motivo pelo qual não marcou presença na pré-temporada foi dar apoio à família, naquele que lembra que foi um momento muito difícil.

“Nunca vou trocar a saúde da minha família pelo futebol”, sublinha.

Cristiano aproveitou a mesma entrevista para apontar o dedo aos donos do clube, a família Glazer, que tem sido alvo de críticas por parte dos adeptos do clube, insatisfeitos com os resultados nos últimos anos.

“Eles não querem saber. Isto é, a nível profissional e desportivo, eles não querem saber”, garante, sem deixar de referir que há fatores internos que impedem o clube de “atingir um nível de topo.”

A entrevista concedida por Cristiano Ronaldo a Piers Morgan, dividida em duas partes, vai ser transmitida esta quarta e quinta-feira, a partir das 20 horas.

Relacionadas

Respostas Rápidas. O que está em causa com a entrevista de Ronaldo a Piers Morgan?

Cristiano Ronaldo está novamente na ordem do dia por ter feito declarações onde visa não só treinador do Manchester United, Erik ten Hag, como também vários elementos da direção do clube. O Jornal Económico explica-lhe.
Recomendadas

Reabilitação do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra já foi consignada

A primeira fase de reabilitação dos pavilhões do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra, orçada em 338 mil euros, foi consignada hoje, revelou o município.

Mundial2022: Qatar retifica que morreram 40 trabalhadores nas obras dos estádios

Um porta-voz do Campeonato do Mundo de Futebol do Qatar retificou hoje o número anteriormente anunciado por um responsável de trabalhadores mortos na construção dos estádios para a competição, de “entre 400 e 500” para 40.

Mundial 2022. Qatar assume a morte de “entre 400 a 500” trabalhadores migrantes

“A estimativa é de cerca de 400” mortes de trabalhadores migrantes na construção dos estádios, de acordo com as declarações do principal responsável pela coordenação entre entidades públicas e privadas na construção dos estádios da competição. Estes números contradizem as estimativas de que terão morrido milhares de trabalhadores.
Comentários