Rota das Estrelas: Bon Bon é o anfitrião que se segue

O mais recente restaurante nacional galardoado com a estrela Michelin recebe, nos próximos dias 16 e 17, mais um evento da Rota das Estrelas, com muitos chefs convidados.

A Rota das Estrelas, que ocorre desde 2010, é uma forma de dar a conhecer os restaurantes detentores da almejada estrela. A ideia é simples: em cada evento o anfitrião escolhe os chefs convidados e estes têm a tarefa de criar menus específicos que sejam um espelho da boa gastronomia ibérica.

Na semana passada, o chef André Silva, que assumiu o Largo do Paço, em Amarante, há pouco mais de um ano, fora o anfitrião e escolhera fazer algo diferente – levar o evento para fora do restaurante. A escolha inicial recaiu sobre a realização dos jantares na ponte que une as margens do Tâmega, mas a resistência levou a um plano B: recorrer ao Museu Municipal Amadeo de Sousa Cardozo.

O próximo – e penúltimo evento – ocorre já nos próximos dias 16 e 17, com a estreia do Restaurante Bon Bon, no Carvoeiro, Algarve, a grande surpresa na atribuição de estrelas este ano.

Aqui, o chef Rui Silvestre pediu aos convidados que confecionassem um prato que fosse emblemático e representativo da sua cozinha e os nomes prometem: no primeiro dia o jantar será assegurado por chefs mais jovens e promissores, nomeadamente André Silva, que recentemente tomou conta do Largo do Paço, Alexandre Silva, do LOCO e João Oliveira, do Vista. O dia seguinte destina-se à apresentação dos “consagrados” Leonel Pereira, do Restaurante São Gabriel e Michel van der Kroft, do Restaurante T Nonnetje, na Holanda.

A harmonização com os vinhos, algo essencial num jantar desta natureza, está a cargo de António Lopes, sommelier e responsável pela área vínica no Hotel Conrad Algarve, e por João Chambel, sommelier no Estado D’Alma Garrafeira, Bar & Bistro. Os menus (de 5 e 6 pratos, respetivamente) têm um custo por pessoa de 180 euros no primeiro dia e 210 no segundo (vinhos incluídos).

Recomendadas

Festival Futurama arranca amanhã em Mértola

Ao longo de quatro fins de semana, o Baixo Alentejo abre-se ao público como um laboratório de experimentação e de apresentação de diálogos transdisciplinares, com mais de 40 artistas portugueses e espanhóis em espaços patrimoniais, culturais e naturais.

“Discover the Art of the Airport” no Aeroporto Internacional de Hamad

O Qatar tornou-se num dos primeiros países do Golfo a estabelecer um programa de arte pública contemporânea abrangente, liderado pelo Qatar Museums, com o objetivo de integrar a arte na vida quotidiana. O programa incluiu aproximadamente 70 obras de mais de 60 artistas do Qatar, do Médio Oriente e de todo o mundo.

Alterações do Estatuto dos Profissionais da Área da Cultura entram em vigor quarta-feira

O Governo aponta que houve “a necessidade de simplificar e ajustar algumas soluções, nomeadamente a respeito do modelo de comunicação da celebração de contratos de prestação de serviço, do regime a aplicar relativamente à prestação social de inclusão, bem como da modalidade contributiva do trabalhador independente”.
Comentários