Rui Pinto sobre Benfica: “Polvo de influência junto das elites da nação”

Para o pirata informático português, o Benfica é um exemplo de que os poderes do futebol estão acima da justiça. Pinto revela alguma impotência na sua luta para desmascarar os podres do futebol. “Desde que a equipa ganhe, nada mais interessa. Não posso lutar contra isso”, desabafou.

rui pinto

Na primeira entrevista presencial que concedeu após ter sido detido, Rui Pinto voltou a queixar-se de que o futebol é “intocável” fazendo criticas pesadas às ‘águias.’

Para o pirata informático português, o Benfica é um exemplo de que os poderes do futebol estão acima da justiça. “Se olharmos para o Benfica, o clube mais popular em Portugal, podemos ver que é como um polvo de influência junto das elites da nação”, comenta.

“O clube tem estreitas relações com a polícia, os magistrados e os políticos e regularmente têm bilhetes VIP para os seus jogos. Seria um enorme conflito de interesses se eles alguma vez tivessem de investigar o Benfica a sério”, afirmou, numa entrevista publicada esta sexta-feira pela revista alemã Der Spigel.

Pinto revela alguma impotência na sua luta para desmascarar os podres do futebol. “É a mesma merda há anos. Desde que a equipa ganhe, nada mais interessa. Não posso lutar contra isso”, desabafou. “As autoridades têm medo do que eu sei”, garante Rui Pinto. “O futebol é intocável e protegem o setor apenas porque é muito mediático”, argumenta.

Acusado de 147 crimes, o hacker vai passa o Natal na prisão. O gaiense está acusado de uma tentativa de extorsão, em 2015, àquele fundo de investimento, em coautoria com o advogado Aníbal Pinto. O objetivo seria receber entre 500 mil e um milhão de euros para parar a publicação de contratos e outras informações no site “Football Leaks”, do qual Rui Pinto será o criador. Terá ainda invadido, posteriormente, o sistema de outras entidades. A 13 de janeiro vai se saber se o pirata informático irá ou não a julgamento.

Recomendadas

Dia Mundial do Professor. Marcelo felicita docentes pela “competência, dedicação e entusiasmo”

Numa nota publicada na página da Presidência da República na internet, é recordado que hoje se assinala o Dia Mundial do Professor, instituído pela UNESCO para “evidenciar o papel dos professores, absolutamente essencial para o sucesso das novas gerações e no desenvolvimento das sociedades”.

5 de outubro: Marcelo pede que se faça avançar democracia com “caminho para todos”

Num discurso de onze minutos, na cerimónia comemorativa dos 112 anos da Implantação da República, na Praça do Município, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa falou dos governos que “tendem quase sempre a ver-se como eternos” e das oposições “quase sempre a exasperarem-se pela espera”, afirmando em seguida que “nada é eterno” e que “a democracia é por natureza o domínio da alternativa, própria ou alheia”.

Cleanwatts vai criar uma Comunidade de Energia Renovável em Braga

“Vamos instalar uma Central Fotovoltaica de 1,2 MWp (megawatts-pico), com mais de 2.100 painéis solares, nos telhados da Arquidiocese de Braga, que será integrada numa Comunidade de Energia Renovável”, explica Basílio Simões, fundador e presidente da Cleanwatts.
Comentários