Rui Rio diz que levar plano da TAP ao Parlamento é uma “clara fuga do Governo às suas responsabilidades”

O líder do PSD alerta que será aberto um “precedente muito grave” se o Governo levar o plano de reestruturação da TAP a ser votado no Parlamento.

Flickr/PSD

O presidente do PSD acusou hoje o Governo de fugir às suas responsabilidades se levar o plano de reestruturação da TAP a ser votado no Parlamento.

“Levar o plano da TAP ao Parlamento para votação não é só uma clara fuga do Governo às suas responsabilidades. É abrir um precedente muito grave”, disse hoje Rui Rio nas redes sociais.

“Por esse caminho, poderemos ter qualquer matéria governamental a ser votada em plenário, com todas as consequências daí decorrentes”, afirmou.

No domingo, o comentador Marques Mendes disse que o Governo pretende levar o plano da TAP a ser votado no Parlamento. Até agora, esta intenção ainda não foi avançada oficialmente pelo Governo de António Costa.

“Tanto quanto eu sei, depois do plano de reestruturação da TAP vier de Bruxelas, o Governo quer levar o plano a votação na Assembleia da República. Se chumbar, é o fim da TAP”, disse Luís Marques Mendes na SIC na noite de domingo.

O Governo está hoje a apresentar o plano de reestruturação da TAP aos partidos parlamentares. Amanhã, o plano vai ser entregue à Comissão Europeia para ser avaliado.

Plano de reestruturação da TAP prevê redução de 25% nas rotas e corte de custos com pessoal de 1,4 mil milhões até 2025, conforme revelou hoje o Jornal Económico. Ao mesmo tempo, este plano prevê que o Porto perca um terço das rotas, de 15 para 10.

O ministro das Infraestruturas foi chamado ao Parlamento sobre o plano de reestruturação da companhia aérea que vai ser entregue amanhã na Comissão Europeia. O Bloco de Esquerda quer ouvir Pedro Nuno Santos na terça-feira, faltando o ministro agora confirmar a sua presença nesse dia.

Relacionadas

TAP. Bloco de Esquerda quer ouvir Pedro Nuno Santos na próxima semana no Parlamento

O ministro das Infraestruturas foi chamado ao Parlamento sobre o plano de reestruturação da companhia aérea que vai ser entregue amanhã na Comissão Europeia.

Plano de reestruturação da TAP prevê redução de 25% nas rotas e corte de custos com pessoal de 1,4 mil milhões até 2025

Plano de reestruturação da TAP prevê redução de 25% no número de rotas da companhia aérea, passando de cem para 75. As rotas com partida do Porto vão passar de 15 para cerca de 10, segundo a mesma fonte, o que corresponde a uma redução de 33%. Plano prevê poupança de 1,4 mil milhões de euros em custos com o pessoal, até 2025. Acordos de empresa serão suspensos.

Plano de reestruturação da TAP prevê que Porto perca um terço das rotas

Ao que o Jornal Económico apurou, o ministro terá informado os grupos parlamentares que a redução de rotas da companhia será da ordem dos 25%, incidindo sobretudo em rotas baseadas em Lisboa. Mas o Porto vai perder um terço das rotas atuais, passando de 15 em 2019 para cerca de dez no próximo ano, adiantou a mesma fonte.

Ministro da Economia sobre a TAP: “Remunerações pagas a muitos dos seus trabalhadores são superiores aos das congéneres e concorrentes europeias”

“A TAP vai precisar de injeções de dinheiros públicos, o que está sujeito a autorização da Comissão Europeia. A condição para o permitir é a demonstração que a TAP tem viabilidade a longo prazo”, afirmou hoje Siza Vieira.

TAP quer que sindicato assine acordo de confidencialidade para revelar plano de reestruturação, denuncia SITAVA

“Será esta a nova forma de sindicalismo livre, o sindicalismo secreto?”, questiona o SITAVA depois da reunião com Miguel Frasquilho e Ramiro Sequeira que teve lugar esta semana, e onde rejeitaram divulgar o plano de reestruturação sem a assinatura de um acordo de confidencialidade.
João Gonçalves Pereira

TAP. CDS diz que Governo vai ter de fazer um Orçamento retificativo em 2021 para injetar mais 470 milhões

O CDS saiu preocupado da reunião com o Governo pois o plano do executivo para a TAP “implica um envelope financeiro de muitos milhões de euros em varias tranches ao longo dos próximos anos”. Em menos de dois anos, a TAP vai receber 2.170 milhões de euros de dinheiro público.
Recomendadas

Grupo Stellantis e DST Solar nas Agendas Mobilizadoras

A inovação verde para a indústria automóvel passa pelas Agendas Mobilizadoras. O ISQ&CTAG irá investir 6,2 milhões de euros.

TAAG recebe aviso de greve dos pilotos com início a 7 de outubro

O Sindicato de Pilotos de Linha Aérea (SPLA) decretou uma greve a partir de 7 de outubro, tendo já sido enviado o aviso de greve à TAAG – Linhas Aéreas de Angola na sexta-feira, anunciou este sábado a companhia aérea angolana.

Infraestruturas de Portugal registou lucro de 32,4 milhões no primeiro semestre

Este valor significa uma recuperação de 71,3 milhões de euros em comparação com os prejuízos de 38,9 milhões de euros verificados no mesmo período de 2021.
Comentários