Rússia diz que preço do barril de petróleo pode disparar para 400 dólares

A proposta do Japão é limitar o preço do petróleo russo, mas isto, segundo Moscovo, levaria a uma redução significativa do petróleo no mercado e os preços iriam subir.

Deputy chairman of the Russian Security Council Dmitry Medvedev speaks during a meeting with members of the Security Council in Moscow on February 21, 2022. – Russian President Vladimir Putin said on February 21, 2022, he would make a decision “today” on recognising the independence of east Ukraine’s rebel republics, after Russia’s top officials made impassioned speeches in favour of the move. (Photo by Alexey NIKOLSKY / Sputnik / AFP)

O barril pode superar os 300 e até 400 dólares se o Japão limitar o preço do petróleo russo em cerca de metade do seu nível atual porque levaria a uma redução significativa do petróleo no mercado, disse esta terça-feira o ex-presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, nas redes sociais, segundo a “Reuters”.

Comentando a proposta, que terá sido apresentada pelo primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, Medvedev — vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia — disse que o Japão “não teria petróleo nem gás russo, nem participação no projeto Sakhalin-2 LNG” como consequência.

Os líderes do G7 concordaram, na semana passada, em explorar a viabilidade de introduzir limites temporários de preços de importação de combustíveis fósseis russos, incluindo petróleo, numa tentativa de limitar os recursos russos para financiar a guerra na Ucrânia. Não obstante, um porta-voz do Kremlin disse na segunda-feira que outros países podem discordar da ideia do Japão.

A “Reuters” relembra que o presidente russo, Vladimir Putin, assinou na semana passada um decreto que assume o controlo total do projeto de gás e petróleo Sakhalin-2 no extremo leste da Rússia, um movimento que pode forçar a saída da Shell, bem como das empresas japonesas Mitsui & Co e Mitsubishi Corp. ara permanecer na nova empresa que substituirá a empresa operacional existente, a Sakhalin Energy Investment Company, os acionistas estrangeiros precisam de pedir ao governo russo uma participação no prazo de um mês.

Recomendadas

França. Seis mil pessoas evacuadas devido aos incêndios a sudoeste

O sudoeste francês continua a sofrer com as altas temperaturas e, esta quarta-feira, o fogo, que já tinha estado ativo em julho, reacendeu e obrigou a evacuamentos, com o governo gaulês a duplicar o número de bombeiros para os mil, com o apoio de meios aéreos.

ICNF disponível para apoiar ações de venda de madeira ardida

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) está disponível para apoiar autarquias, organizações de produtores florestais e proprietários em ações de venda de madeira ardida resultante dos incêndios, disse hoje o seu presidente.

China suspende negociações climáticas com EUA depois de visita de Pelosi a Taiwan

Também foi anunciado o cancelamento dos diálogos entre os ministérios de Defesa dos EUA e da China, o que pode aumentar o risco de uma escalada perigosa no Estreito de Taiwan.
Comentários