Rússia expulsa 35 diplomatas americanos

De acordo com o que se previa, esta sexta-feira, Vladimir Putin deu seguimento à expulsão dos diplomatas russos por parte de Barack Obama. E respondeu na mesma moeda.

Vladimir Putin

A Rússia anunciou hoje que vai expulsar 35 diplomatas norte-americanos, depois de o ainda presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ter decido expulsar 35 diplomatas russos e a sancionar nove entidades e indivíduos.

Num discurso de Sergei Lavrov, citado pela agência France Press, “o ministério dos Negócios Estrangeiros (…) propôs ao presidente russo declarar persona non grata 35 diplomatas da embaixada dos Estados Unidos em Moscovo e quatro diplomatas do consulado geral americano em São Petersburgo”.

O ministério dos Negócios Estrangeiros russo também propôs proibir que os diplomatas americanos utilizem uma casa de campo perto de Moscovo e um edifício usado como depósito na capital. “A reciprocidade é a regra da diplomacia nas relações internacionais”, acrescentou Lavrov, que diz não ter conseguido deixar o “ataque” sem resposta.

Em comunicado divulgado ontem, Barack Obama informou que as ações vêm em resposta à perseguição “agressiva” a norte-americanos e a operações cibernéticas que visaram os EUA.

O ainda presidente norte-americano adiantou que “emitiu uma ordem executiva que fornece autoridade adicional para responder a certos tipos de atividade cibernética que visam interferir ou minar o nosso processo eleitoral e instituições, ou os dos nossos aliados e parceiros”

“Todos os americanos devem ficar alarmados com as ações da Rússia”, sublinhou. Obama referiu que sancionou nove entidades e indivíduos: a GRU e o FSB, duas agências russas; quatro agentes da GRU; e três empresas que forneceram apoio material às operações.

Com o intuito de ficar a par dos desenvolvimentos sobre as alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais de novembro, Donald Trump adiantou que convocou uma reunião com os serviços secretos norte-americanos. Estima-se que o relatório completo sobre a investigação da CIA seja apresentado nos próximos dias.

Relacionadas

EUA expulsam 35 diplomatas russos em resposta a ciberataques

Alegados ataques informáticos durante as eleições provocaram uma decisão forte de Barack Obama. Ainda não se sabe se Trump vai reverter as medidas.
Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Os 10 cisnes negros de 2023: UnBrexit? Ouro nos três mil dólares? Macron demite-se?

Estes são os 10 eventos mais improváveis de acontecer no próximo ano.

Ministro do Interior da Suíça foi eleito pela segunda vez para presidente

Esta será a segunda vez que Berset assume o cargo de presidente da Suíça, depois de ter estado nessa função entre janeiro e dezembro de 2018.
Comentários