Rússia recupera confiança dos mercados financeiros

Bolsa de Moscovo alcançou máximos desde março. Cooperação militar com França dispara os rumores do fim das sanções impostas à Rússia.

Os investidores apontam a Rússia como um dos países mais beneficiados pelo crescente clima de tensão geopolítica. O interesse dos investidores vê-se reforçado pela desvalorização do rublo e da Bolsa de Moscovo registada no final de 2014.

A queda a pique da divisa russa aconteceu em paralelo com a quebra do preço do petróleo e as sanções económicas impostas contra a Rússia pela alegada implicação no conflito bélico na Ucrânia.

Um ano depois, e após os atentados de Paris, os mercados já preveem um levantamento das sanções económicas e comerciais impostas pelo Ocidente. Os analistas destacam que o recente acordo de colaboração com a França nos ataques militares na Síria multiplica as hipóteses para a finalização das sanções.

O incremento da tensão geopolítica no Médio Oriente, assim como a recuperação do preço do petróleo, está a recuperar a atração dos investidores na Rússia, um dos maiores produtores de crude.

OJE

Recomendadas

PremiumBCE e Fed avaliam peso da subida de juros e ritmo pode abrandar nas próximas reuniões

As atas das mais recentes reuniões de política monetária na zona euro e EUA mostram uma preocupação de ambos os bancos centrais com o abrandamento da economia, dando esperanças de subidas menos expressivas dos juros nos próximos meses, embora os sinais neste sentido sejam mais fortes do outro lado do Atlântico.

Musk tinha um plano para o Twitter? Veja as escolhas da semana no “Mercados em Ação”

Conheça as escolhas da semana do programa da plataforma multimédia JE TV numa edição que contou com a análise de Nuno Sousa Pereira, head of investments da Sixty Degrees.

PSI encerra no ‘vermelho’ em contra ciclo com a Europa

Lá fora, as principais praças europeias negociaram maioritariamente em terreno positivo. O FTSE 100 valorizou 0,32%, o CAC 40 ganhou 0,08%, e o DAX apreciou 0,01%. O espanhol IBEX 35 manteve-se estável.