Sabe qual a maior ameaça à “Guerra dos Tronos”?

A empresa que controla a segurança no estúdio onde é gravada a sétima temporada, alerta para o risco que representam os veículos não tripulados em busca de imagens inéditas.

A maior ameaça da série “Guerra dos Tronos” não são os dragões, nem as criaturas de Dothraki ou mesmo os implacáveis Caminhantes Brancos, mas sim os drones que captam imagens inéditas da série de HBO.

A G4S, empresa de segurança privada que controla o estúdio em Belfast (Irlanda do Norte) no qual se grava a maioria dos episódios da série, afirma que assistem constantemente ao voo dos drones por curiosidade ou para vender as imagens aos meios de comunicação e as páginas web de entretenimento. Apesar da HBO não ter dado nenhum detalhe sobre a sétima temporada, na Internet existem já várias fotos e spoilers.

Para além de acabar por revelar segredos da trama, G4S declara que os drones representam cada vez mais um problema noutras áreas do seu trabalho. Os drones foram utilizados para contrabandear objetos nas prisões, para fotografar os casamentos dos famosos ou para gravação nos estádios concertos ou eventos desportivos.

Recomendadas

Eleições em São Tomé. Patrice Trovoada exorta primeiro-ministro a reconhecer a derrota

O presidente da Ação Democrática Independente (ADI), partido mais votado nas legislativas de São Tomé e Príncipe, exortou hoje o primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, a reconhecer a derrota do MLSTP/PSD “o mais rapidamente possível” para apaziguar o clima social.

CPLP e comunidade da África Central negoceiam cooperação política e de formação em português

A Comunidade Económica dos Estados da África Central e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) discutiram hoje formas de cooperação no domínio político, desenvolvimento da língua portuguesa e comissões de observação eleitoral, referiram responsáveis das organizações.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários