Televisão e rádio públicas custam 20 euros a cada cidadão

O serviço público de rádio e televisão tem um custo de 20 euros anualmente a cada português. Na Dinamarca ascende os 100 euros e na Lituânia são 7,50 euros.

Em Portugal, o custo do serviço público de rádio e de televisão é de 20 euros por ano para cada cidadão, montante abaixo da média europeia (67 euros), de acordo com um estudo da Universidade de Santiago de Compostela, divulgado pelo jornal espanhol “El País”. A investigação indica que as emissoras públicas europeias enfrentam um duplo desafio, quer a sustentabilidade financeira quer a adaptação ao novo ecossistema digital.

No que diz respeito à variação entre os investimentos feitos entre 2010 e 2014, Espanha é o país onde se verifica uma maior variação negativa, com cortes de 35,3% nas transferências. O serviço audiovisual público representa, na média dos países da União Europeia e em cada mil euros do PIB, 2,4 euros por habitante. No caso de Espanha há uma desvantagem porque o valor desce para os 1,7 euros. Em relação a Portugal, ficou pouco abaixo, nos 29,9%.

“Há uma clara desvantagem [em Espanha]”, aponta Santiago Negrín, presidente Federação de Organismos de Rádio e Televisão Autonómicos (FORTA), que incorpora 11 corporações regionais. O estudo do estabelecimento analisou o impacto da crise na televisão e concluiu que Espanha é o país onde o efeito foi maior.

“Os cortes afetaram de uma forma muito particular a televisão. Em geral, o mundo audiovisual e o cultural têm sido sempre penalizados”, acrescentou o responsável pela FORTA. Já Enrique Laucirca, secretário-geral da FORTA, disse ao diário que “está demonstrado que a audiência das televisões públicas depende diretamente do nível de financiamento”.

Ao observar o ranking de investimentos no serviço público de televisão, os países que fazem mais são a Dinamarca, com um custo de 164,10 euros por família ao ano, e a Alemanha, que regista 120,80 euros. Quanto aos que fazem menos, são a Lituânia, com um preço de apenas 7,50 euros para o mesmo período, e a Bulgária, que aplica 8,60 euros.

Recomendadas

JCDecaux ganha um contrato de 10 anos com a ViaQuatro no Brasil

A JCDecaux ganha um contrato de 10 anos com a ViaQuatro para a exploração de espaços publicitários na linha 4 do metro de São Paulo, tornando-se no maior grupo de meios no metro do Brasil.

Cavaco e a marcação cerrada ao Governo. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

BBC vai despedir 382 trabalhadores ao redor do globo

O objetivo é apostar nas novas audiências, que cada vez mais procuram os meios digitais, alega a BBC. A líder de uma união de defesa dos trabalhadores, Philippa Childs, disse que os despedimentos foram consequência de más decisões do governo britânico.
Comentários