Sabia que num acidente de automóvel a 50 quilómetros por hora, o seu filho pesa uma tonelada?

“Os acidentes são a maior causa de morte de crianças e jovens em Portugal. A maior parte das consequências podem ser evitadas”, alerta a GNR, aconselhando sempre o uso de cadeirinha.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) alerta os pais para os riscos que as crianças correm se não usarem cadeirinha durante as viagens de automóvel.

“Sabia que num choque a 50 km/h, o seu filho pesa 1 tonelada?”, pode-se ler na publicação da GNR nas redes sociais.

“Os acidentes são a maior causa de morte de crianças e jovens em Portugal. A maior parte das consequências podem ser evitadas, usando o correto Sistema de Retenção para Crianças (SRC)”, aconselha a Guarda.

“As crianças não são adultos em miniatura e têm características específicas, que as tornam mais vulneráveis num acidente de automóvel! O tamanho e peso da cabeça combinado com um pescoço ainda frágil e a coluna, durante os primeiros anos de vida ainda em processo de ossificação, torna-as muito mais frágeis que os adultos”, alerta a GNR.

 

Recomendadas

JMJ Lisboa será um “mega fenómeno”, diz secretário-geral da Segurança Interna

O secretário-geral do SSI sublinhou que “ainda é cedo para uma estimativa” sobre o número de pessoas que vão estar presentes no país, mas “a experiência aponta para ser um mega fenómeno e mega evento com uma grande circulação de pessoas”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 5 de dezembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.

Natal. 87% dos portugueses vão decorar as casas e só 27% querem reduzir na eletricidade

São 54% os portugueses que não pensam gastar dinheiro em novas decorações (19% prevê gastar até 25 euros e 16% prevê gastar entre 25 e 50 euros), de acordo com os dados revelados por um estudo da Klarna.
Comentários