Sai Guterres, entra Damásio. Troca de Antónios no Conselho de Estado

António Guterres renunciou ao seu mandato no Conselho de Estado, por incompatibilidade com o cargo de secretário-geral das Nações Unidas, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, designou o neurocientista António Damásio para o substituir.

A renúncia de António Guterres e a designação de António Damásio foram anunciadas hoje através de duas notas colocadas na página da Presidência da República na Internet.

“O senhor engenheiro António Guterres renunciou ao mandato de membro do Conselho de Estado, por incompatibilidade com o cargo de secretário-geral das Nações Unidas. O Presidente da República lamenta a perda para o Conselho de Estado e reitera o orgulho nacional pela designação para aquele relevante cargo”, refere uma das notas.

Na outra nota, lê-se que “o Presidente da República designou conselheiro de Estado o sr. professor doutor António Rosa Damásio”.

Recomendadas

Bloco de Esquerda quer urgências básicas para “desanuviar” as médico-cirúrgicas

O Bloco de Esquerda (BE) quer que o Governo invista na criação de urgências básicas para “desanuviar” as urgências médico-cirúrgicas e lamenta que “cada vez mais se contratualize com privados”, disse este domingo a coordenadora, Catarina Martins.

Costa forçado a remodelar outra vez

O primeiro-ministro não gosta de fazer remodelações mas, em menos de um ano mexeu em pastas sensíveis como a Saúde, as Finanças e a Economia. A substituição de Miguel Alves relançou discussão sobre ligações familiares no Conselho de Ministros.
catarina_martins_oe_2020

“Há maioria no Parlamento para ultrapassar um veto” à Eutanásia, sublinha Catarina Martins

Catarina Martins disse que “não há nenhuma razão para que não haja uma lei [sobre a eutanásia]” e, frisou, “sobretudo não há nenhuma razão para que em Portugal não tenhamos uma lei com esse respeito pelas pessoas que no fim da vida estão em grande sofrimento”.
Comentários