Saiba o que é o mapa de responsabilidades de crédito e como pode consultá-lo

Embora esta informação seja apresentada ao Banco de Portugal, não está visível a todos. Somente cada consumidor, a nível particular, consegue consultar a sua situação utilizando os seus dados pessoais.

O Mapa de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal é um documento em que constam informações prestada pelas instituições bancárias sobre a situação em que se encontra os créditos solicitados pelo consumidor. Assim, o consumidor pode consultar o valor em dívida, verificar se está em incumprimento ou, até mesmo, em litígio.

Embora esta informação seja apresentada ao Banco de Portugal, não está visível a todos. Somente cada consumidor, a nível particular, consegue consultar a sua situação utilizando os seus dados pessoais.

Para ter acesso a esta informação, o consumidor tem que entrar no site do Banco de Portugal, clicar em “Particulares” e, posteriormente, selecionar a opção “Central de Responsabilidades de Crédito”. Nesse momento, o site apresentar-lhe-á uma série de informações sobre os passos a realizar, começando por dirigi-lo até ao final da página para aceitar a política de dados pessoais e passar ao próximo passo. Pode ainda, nesse momento, escolher o mês e o ano de que quer obter o seu mapa.

De seguida, pode clicar em “obter mapa” e ser-lhe-ão pedidos os acessos ao seu portal das finanças, nomeadamente o seu número de contribuinte e a palavra passe das finanças. Automaticamente, ao indicar esses dados, será descarregado um documento em PDF com toda a informação prestada pelas instituições bancárias.

Por fim, não se esqueça de fazer “Logout” para sair da sua conta pessoal e manter-se em segurança. Tenha ainda atenção que, ao realizar este procedimento, fica disponível na área das transferências o seu mapa de responsabilidades.

Qualquer dúvida, conte connosco.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube.

Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários