Saiba porque é que a hora vai mudar no domingo

Quando se deitar hoje aproveite para adiantar logo os relógios, caso os seus dispositivos não utilizem a mudança de hora automática.

Este domingo o horário muda para o fuso de verão. Quando o relógio marcar 1h da manhã, passam a ser 2h da manhã em Portugal continental e na Madeira.

Nos Açores a mudança é feita à meia noite, de acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, a entidade nacional competente para o efeito.

Um ajustamento convencionado pela União Europeia com o propósito de contribuir para a redução do consumo global de energia, pois acerta o início do período laboral com as horas de luz.

A alteração na hora acontece todos os últimos domingos do mês de março, passando para ‘horário de verão’, regressando ao ‘horário de inverno’ nos últimos domingos de outubro.

Assim, quando se deitar no sábado, aproveite para adiantar logo os relógios, caso os seus dispositivos não utilizem a mudança de hora automática. Desta forma vai garantir que quando acordar não vai estar com os horários trocados.

Não se esqueça também de acertar o relógio do carro.

Recomendadas

JE Bom Dia: ‘Money Supply’ na Europa é conhecida num contexto de subida de taxas de juro

Por cá, o Banco de Portugal divulga os dados de crédito ao sector privado em outubro, e será um dia parado no Parlamento depois da aprovação do Orçamento do Estado na passada sexta-feira.

Milhares de pessoas correm em Caracas em ação promovida pela UE sobre violência contra as mulheres

A iniciativa, que conta com uma corrida de 10 quilómetros e uma caminhada de cinco quilómetros, proporcionou uma “festa” pelas ruas da capital da Venezuela, com o principal objetivo de sensibilizar a população para que não permita “nem um único ato de violência” contra as mulheres, explicou o chefe de missão da delegação da UE, Rafael Dochao Moreno, em declarações à agência Efe.

Prémio Manuel António da Mota distingue associação que apoia famílias vulneráveis

Criada em 2010, e com sede em Vila Nova de Tazem, concelho de Gouveia, na Guarda, a Reencontro desenvolve atividades nas áreas social, educativa e cultural junto de pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade ou exclusão social.
Comentários