Saiba que cuidados ter se for de férias para destinos exóticos

Os maiores riscos escondem-se em países de África, Ásia, América do Sul e Médio Oriente, onde as condições sanitárias são, por vezes, deficientes.

Todos os consumidores já ouviram histórias de turistas que sofreram incómodos de saúde nas suas férias exóticas, desde as mais comuns diarreias até doenças graves como malária ou febre-amarela.

Os maiores riscos escondem-se em países de África, Ásia, América do Sul e Médio Oriente, onde as condições sanitárias são, por vezes, deficientes.

Além das dicas de prevenção que lhe apresentamos de seguida, aconselha-se sempre, um mês antes de partir, a consulta do viajante ou de medicina tropical, pois na maioria dos casos é necessária a toma de vacinas.

Dicas de prevenção

  • Use água engarrafada ou fervida, para beber, lavar a cara e os dentes.
  • Não tome refrescos com gelo.
  • Coma a fruta descascada.
  • Evite marisco, alimentos crus ou mal passados, saladas e vegetais não cozinhados.
  • Para se proteger das picadas de insetos, use vestuário com mangas compridas, calças, meias e sapatos fechados, a partir do entardecer. Verifique o interior dos sapatos antes de os calçar, para evitar surpresas desagradáveis.
  • Evite produtos de higiene ou cosméticos muito perfumados, pois os cheiros intensos atraem os mosquitos. Proteja as zonas expostas do corpo com repelente de insetos e renove a aplicação em cada 4 horas. Durma com uma rede mosquiteira impregnada com inseticida. Pulverize o quarto de manhã, antes de sair.
  • Leve um estojo de primeiros-socorros, com um antissético, pensos rápidos e ligaduras.
  • Não se esqueça de protetor solar, repelente de insetos, analgésicos e dos medicamentos que habitualmente toma, caso sofra de uma doença crónica é aconselhável levar uma receita médica em inglês para os seus medicamentos habituais.

Informe-se connosco.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube!

 

 

 

Recomendadas

A partir de janeiro é necessário reservar e pagar taxa para entrar em Veneza

A partir de 16 de janeiro de 2023 será obrigatório reservar a entrada e pagar taxa na cidade italiana de Veneza, que se tornará a primeira do mundo a adotar este sistema para controlar o turismo de massas, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Transportes rodoviários com mais descontos na Lezíria do Tejo a partir de hoje

Os passes municipais e intermunicipais passam a beneficiar de um desconto de 50%, bem como o passe inter-regional Lezíria do Tejo/Alentejo Central e o passe Inter-regional Lezíria do Tejo/Área Metropolitana de Lisboa.

“Aqueles que podem gastar são bem-vindos”. Butão reabre ao turismo em setembro

Os turistas terão de pagar uma “taxa de desenvolvimento sustentável” de 200 dólares por turista por noite para compensar o impacto carbónico dos visitantes, segundo as autoridades. Em comparação, nos últimos 30 anos a taxa ficava-se nos 65 dólares/noite.
Comentários