Salário de Ronaldo é o triplo de Messi e o dobro de Mbappé

O jogador português vai receber 184 milhões de euros por ano, em salários. A este valor, juntam-se 55 milhões de euros em bónus. Tudo junto, o futebolista português é o mais bem pago do mundo, com larga margem.

O salário e os bónus contratuais de Cristiano Ronaldo no Al-Nassr não só fazem dele o futebolista mais bem pago do mundo, como representam números arrebatadores face à concorrência. O vencimento do futebolista internacional é o triplo do que recebe Lionel Messi e o dobro de Kylian Mbappé, no PSG, segundo dados do portal “Casinos En Ligne”.

Ronaldo recebe agora, anualmente, mais mais do que Mbappé, Mohammed Salah e Erling Haaland (salários e bónus), todos juntos.

Quando Cristiano Ronaldo e o clube saudita chegaram a acordo para um contrato válido para os próximos dois anos e meio, ficou acordado que o jogador vai receber, anualmente, 200 milhões de dólares (184 milhões de euros) em salários, a que se somam 60 milhões de dólares (55 milhões de euros) em ganhos fora de campo (anúncios publicitários, por exemplo).

No caso do grande rival no plano individual, Lionel Messi, o argentino é o jogador dos franceses do PSG e recebe 60 milhões de euros em salário e 50 milhões adicionais. Kylian Mbappé, que era o jogador mais bem pago do mundo até ser ultrapassado por Ronaldo, recebe cerca de metade do que recebe o jogador português, na ordem dos 100 milhões de euros fixos, com mais 16 milhões em bónus.

O vencimento de Cristiano Ronaldo ultrapassa, por exemplo, os de Mbappé, Mohammed Salah e Erling Haaland, todos somados, já que estes dois últimos recebem um valor salarial na ordem dos 30 milhões de euros.

Recomendadas

“Última semana do mercado foi uma autêntica loucura”, revela sócio fundador da 14 Sports Law

Este escritório de direito desportivo em Portugal esteve envolvido em 26 transferências que movimentaram 26 milhões de euros só no mercado de janeiro. Na última edição do programa da plataforma multimédia JE TV, Luís Cassiano Neves retratou os últimos dias desta “janela”: “Uma autêntica loucura, inclusivamente em Portugal”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 7 de fevereiro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.

FC Porto deixou ciclismo no final da temporada passada

Fonte portista esclareceu à Lusa que “o FC Porto não tem ciclismo”, uma vez que o contrato com a Associação Calvário Várzea Clube De Ciclismo – o clube na origem da equipa W52-FC Porto – terminou em dezembro.
Comentários