Salgado disse que presente de 14 milhões era assunto pessoal, revelou Mosqueira do Amaral

O ex-administrador do BES, Pedro Mosqueira do Amaral, escusou-se a comentar a prenda de 14 milhões de euros que Ricardo Salgado, líder histórico do banco, recebeu do construtor José Guilherme, que foi apresentada como um assunto pessoal. “A resposta que recebemos foi que ‘isto é um assunto pessoal, que não tem nada a ver com […]

O ex-administrador do BES, Pedro Mosqueira do Amaral, escusou-se a comentar a prenda de 14 milhões de euros que Ricardo Salgado, líder histórico do banco, recebeu do construtor José Guilherme, que foi apresentada como um assunto pessoal.

“A resposta que recebemos foi que ‘isto é um assunto pessoal, que não tem nada a ver com o grupo e com o banco'”, afirmou o responsável na comissão de inquérito parlamentar ao caso BES/GES.

O assunto foi puxado à baila por Paulo Rios de Oliveira, deputado do PSD, que questionou Mosqueira do Amaral se tinha ficado satisfeito com a resposta recebida.

“Primeiro foi uma comissão, depois um presente, o que é que quer que eu diga”, respondeu Mosqueira do Amaral.

Mosqueira do Amaral acrescentou apenas que Salgado “pediu respeito para não entrar nessa conversa”.

OJE/Lusa

Recomendadas

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

Há um “caminho longo” a percorrer no envelhecimento ativo, diz a ministra da Coesão Territorial

“Sabemos hoje mais sobre as maleitas dos mais velhos e sabemos como as evitar”, sublinhou Ana Abrunhosa, reiterando que “todos queremos envelhecer com qualidade”.

Apoio às famílias pode mitigar desaceleração da economia, prevê Fórum para a Competitividade

O pacote de apoios preparado pelo Governo como resposta à inflação pode mitigar a desaceleração da economia, mas o próximo ano apresenta-se repleto de riscos de desafios. Salários reais devem voltar a cair, prevê o Fórum para a Competitividade.