Samsung funde duas unidades de negócio e nomeia novos CEO

No âmbito desta remodelação, Han Jong-hee, hoje responsável pelo negócio de televisão, tornar-se-á co-CEO e vice-presidente do conselho de administração, encabeçando – a par com Kyehyun Kyung – a nova divisão da empresa sul-coreana.

Samsung

A Samsung Electronics iniciou a maior remodelação da empresa dos últimos quatro anos e vai fundir as suas divisões de eletrónica de consumo e móvel e nomear novos diretores executivos para endereçar a próxima fase de crescimento da tecnológica e tornar-se mais competitiva no sector.

A multinacional sul-coreana, cujo objetivo é concentrar-se no negócio de componentes (chips) e telemóveis, vai ter assim dois CEO em vez de três, que estarão encarregues de liderar as unidades de negócios de chips e dispositivos de consumo, onde se inserem os smartphones, segundo o comunicado publicado esta terça-feira.

Por trás desta decisão estará o facto de a divisão dos chips se ter tornado a mais lucrativa para a Samsung por causa do boom no armazenamento de dados e da recente escassez mundial de semicondutores, bem como a célebre gama Galaxy ter puxado a empresa para o trono do fabrico mundial de smartphones.

Apesar de a contribuição deste segmento mobile para o lucro da Samsung ter caído de 70% em 2010 para 21% no último trimestre, o negócio de componentes gerou quase três quartos do lucro operacional de 15,8 mil milhões de won (aproximadamente 12 mil milhões de euros) no terceiro trimestre do ano.

No âmbito desta remodelação, Han Jong-hee, atual responsável pelo negócio de Visual Display, tornar-se-á co-CEO e vice-presidente do conselho de administração, encabeçando – a par com Kyehyun Kyung – a divisão que adveio desta fusão, mas continuando com a pasta da televisão na Samsung.

Em agosto, a empresa de Seul anunciou que planeia investir 175,5 mil milhões de euros nos próximos três anos para expandir a sua oferta em biofarmacêuticos, inteligência artificial (IA), chips semicondutores e robótica na era pós-pandemia, até 2023 para a fortalecer a posição global do grupo em sectores-chave como a produção de chips, ao mesmo tempo que permitirá oportunidades de crescimento em novas áreas como a robótica e as telecomunicações de próxima geração, como a rede móvel de quinta geração (5G).

Recomendadas

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Região de Coimbra lança Academia Gastronómica para reforçar distinção europeia

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai promover, em 2023, um conjunto de iniciativas para reforçar o estatuto de Região Europeia de Gastronomia com que foi distinguida no biénio de 2021-2022.

No segundo dia de greve, TAP operou 82 voos dos 119 voos previstos

“Até ao final do dia, a Companhia prevê efetuar a totalidade dos 119 voos programados para hoje, para 36 destinos, incluindo todos os de serviços mínimos”, lê-se no comunicado enviado às redações. No dia de ontem, foram realizados os 148 voos previstos, sendo 64 de serviços mínimos.
Comentários