Santander eleito Melhor Private Banking em Portugal pela Global Finance

A revista avaliou a performance das várias entidades no seu mercado local, entre julho de 2021 e junho de 2022 e consultou as opiniões de analistas, executivos e outros membros da indústria de Banca Privada, além de ter efetuado várias pesquisas independentes, para avaliar um conjunto de fatores objetivos e subjetivos.

Cristina Bernardo

O Private Banking do Santander foi eleito o melhor em Portugal pela revista Global Finance pela oitava vez consecutiva. A justificar o prémio está o reconhecimento pelas vantagens do modelo de assessoria especializado e pela proposta de valor única que o banco oferece aos seus clientes.

A revista avaliou a performance das várias entidades no seu mercado local, entre julho de 2021 e junho de 2022 e consultou as opiniões de analistas, executivos e outros membros da indústria de Banca Privada, além de ter efetuado várias pesquisas independentes, para avaliar um conjunto de fatores objetivos e subjetivos.

Em Portugal, a área de Private Banking do Santander registou, entre julho de 2021 e junho de 2022, um crescimento de 5% na sua base de clientes, correspondendo a um aumento de 4% nos ativos sob gestão, “ainda que com todas as condicionantes da situação pandémica vivida”.

Segundo a Global Finance, “quando se trata de Private Banking, os empresários e os principais executivos do setor financeiro são clientes sofisticados e conhecedores das tendências económicas e financeiras, mas com um leque fantasticamente vasto de necessidades. Os prémios Global Finance Private Bank Awards destacam as instituições que apresentam resultados, tanto em termos de números quanto no lado humano”.

Lourenço Vieira de Campos, responsável do Private Banking do Santander em Portugal, declarou que o prémio é “o resultado da consolidação do nosso modelo de assessoria. O nosso foco é o cliente e oferecer um serviço à altura das necessidades de cada um deles de uma forma proativa e, num contexto como o atual, isso só é possível quando se conta com os melhores profissionais do mercado”.

Para além do Santander em Portugal, o Santander foi distinguido também como o ‘Melhor Private Banking para Investimento Sustentável na América Latina’ e como o ‘Melhor Private Banking’ em Espanha e no Uruguai.

Fundada em 1987, a Global Finance possui leitores em 193 países, tendo uma tiragem de 50.000 exemplares.

Recomendadas

Bancos têm de cumprir reserva de fundos próprios de 0,25% a 1% em 2023

O BCP tem de ter uma reserva de 1%, tal como a CGD. O Santander e BPI têm de ter no seu rácio uma reserva de 0,5% e ao Banco Montepio é exigida uma reserva de 0,25%, tal como à Caixa de Crédito Agrícola. Sendo que todos têm de cumprir este ‘buffer’ a partir do dia 1 de janeiro de 2023, excepto o Crédito Agrícola.

Respostas Rápidas: Qual o universo de créditos à habitação abrangidos pelo diploma do Governo?

O Ministério das Finanças publicou um conjunto de perguntas e respostas que procura responder de forma simples a dúvidas sobre o diploma que mitiga os custos com o crédito à habitação. Nele traça um universo potencial de aplicabilidade da medida. Há cerca de 2,1 milhões de devedores com empréstimo à habitação, dos quais 90% têm contratos com taxa de juro variável. 

“Falar Direito”. Renegociação de créditos? Eficácia vai depender do universo que temos pela frente”

Qual será o grau de eficácia do diploma que visa, essencialmente, regular o procedimento de renegociação entre as instituições de crédito e os respetivos clientes? Saiba a resposta do advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, no programa da plataforma multimédia JE TV.
Comentários