Santander lança linha de atendimento para clientes com mais de 70 anos

O Santander lançou uma linha de atendimento específica para clientes não digitais com mais de 70 anos, que irá abranger cerca de 195 mil clientes, anunciou o banco liderado por Pedro Castro e Almeida.

O Santander lançou uma linha de atendimento específica para clientes não digitais com mais de 70 anos, que irá abranger cerca de 195 mil clientes, anunciou o banco liderado por Pedro Castro e Almeida.

“Sem mensagens pré-gravadas, a SuperLinha Sénior [que está disponível todos os dias úteis, das 9h às 18h] permite um atendimento mais personalizado, sem pressas e sem limite de tempo, através da qual estes clientes, pouco familiarizados com os canais digitais, poderão esclarecer todas a suas dúvidas e obter ajuda nas operações bancárias do dia-a-dia, sem necessidade de se deslocar a um balcão”, lê-se no comunicado.

Esta iniciativa surge no seguimento do programa “Aqui e Agora”, que o Santander Totta lançou em março de 2020, no início da pandemia, e que visava apoiar estes clientes na adesão e funcionamento dos canais digitais, para realizar as operações bancárias do dia-a-dia, com o propósito de contribuir para a sua permanência em casa durante o período da Covid-19.

Para além desta medida, o banco diz que tem desenvolvido outras ações para apoiar estes clientes, “como a simplificação e agilização de procedimentos e um contacto proactivo e recorrente de acompanhamento pelos gestores dos balcões”.

Recomendadas

Banco BAI viu lucros em Cabo Verde aumentarem 384% em 2021

O BAI Cabo Verde, participado também pela petrolífera Sonangol, registou um resultado líquido superior a 150,2 milhões de escudos (1,3 milhão de euros).

Banco de Fomento aprova candidaturas ao programa de recapitalização no valor de 77 milhões de euros

Estas são as primeiras operações ao abrigo do programa criado no contexto do Plano de Recuperação e Resiliência “para ajudar a reforçar o capital e a solvência de empresas viáveis”.

Miguel Raposo Alves é o novo CEO do angolano Millennium Atlântico

Além de Miguel Raposo Alves, que assume o cargo de presidente da comissão executiva, o banco passa a contar com Mauro Santos Neves enquanto administrador executivo e com José Carlos Burity na qualidade de administrador independente, não executivo.
Comentários