Santander lucra 1.867 milhões em três meses

A instituição liderada por Ana Botín teve um resultado antes de impostos de 3.311 milhões, o que traduz uma subida de 17%.

O Banco Santander obteve um lucro atribuído de 1.867 milhões de euros no primeiro trimestre de 2017, 14% acima do lucro no período homólogo do ano anterior.

A instituição liderada por Ana Botín teve um resultado antes de impostos de 3.311 milhões, o que traduz uma subida de 17%. Isto excluindo o impacto cambial sofrido em alguns mercados onde estão presentes. Sem este impacto aumentaram os resultados em 10 mercados.

A atividade corrente mostrou tendências positivas em todos os mercados e um crescimento especialmente forte na América Latina, Espanha e Santander Consumer Finance.

No primeiro trimestre, a Europa contribuiu com 52% para os lucros consolidados e a América, 48%. A carteira de crédito também está bem diversificada geograficamente e por segmentos de negócio, assegura o banco espanhol.

Em Portugal, a atividade contribuiu para um aumento do lucro atribuível de 4% (para 125 milhões de euros).

Relacionadas

Swaps: Governo e Santander chegam a acordo

O Estado português e o Banco Santander Totta anunciaram um acordo que põe fim aos litígios judiciais respeitantes a um conjunto de contratos de swaps. Acordo permite redução de custos dos swaps em 36,8%, esclarecem Finanças.

Como está a reputação dos bancos? Santander e BPI resistem, CGD em queda

A Caixa Geral de Depósitos, que o ano passado ocupava o lugar mais alto do pódio, este ano não está sequer no top3 dos bancos com melhor reputação.
Recomendadas

A parceria que privilegia a economia social e as suas organizações ganha mais três anos

Daniel Traça, Dean da Nova SBE, e José Pena do Amaral, Consultor da Comissão Executiva e Membro da Comissão de Responsabilidade Social do BPI, explicam ao JE a originalidade da parceria Iniciativa para a Equidade Social, o que envolve e o que pretende alcançar. A parceria junta a Fundação “la Caixa”, o BPI e a Nova SBE.

Fundação ”la Caixa”, BPI e NOVA SBE renovam parceria de 2,2 milhões

Iniciativa para a Equidade Social vai prolongar-se por mais três anos, até 2024, segundo acordo assinado esta tarde na Nova SBE, em Carcavelos. A parceria tem como objetivo impulsionar o sector da economia social em Portugal, através de projetos de investigação e capacitação desenvolvidos por equipas académicas especializadas.

Bancários reformados avançam com “manif” para 6 de outubro e pedem fiscalização da constitucionalidade a Marcelo

Os sindicatos da banca filiados na UGT entregaram hoje ao Presidente da República o pedido de fiscalização sucessiva previsto na Constituição relativamente ao pacote legislativo de mitigação da inflação, atendendo à sua previsível inconstitucionalidade por não incluir a totalidade dos bancários reformados.
Comentários