Santander Totta financia operações de PME no valor de 4,3 mil milhões

O Santander Totta anuncia a liderança nas linhas de crédito protocoladas com a PME Investimentos com 43.234 operações contratadas. A totalidade das linhas de crédito protocoladas com a PME Investimentos, até novembro de 2018, somam um total de 4.323 milhões de euros.

O Santander Totta anuncia a liderança nas linhas de crédito protocoladas com a PME Investimentos com 43.234 operações contratadas. A totalidade das linhas de crédito protocoladas com a PME Investimentos, até novembro de 2018, somam um total de 4.323 milhões de euros.

O banco liderado por António Vieira Monteiro “é líder no sistema tanto em montante (quota de mercado de 23%), como no número de operações (quota de mercado 21%)”, diz a instituição em comunicado.

Em comunicado o banco diz que nas últimas 8 Linhas: PME Investe; PME Crescimento e Capitalizar, o Santander liderou no montante contratado. “Foi o Banco que mais se evidenciou na Linha Capitalizar 2017, com 606 milhões de euros contratados até 30 de novembro, o que representa uma quota de mercado de 25%. Na atual Linha Capitalizar 2018, lidera no número de operações contratadas com uma quota de mercado de 20%, também até 30 de novembro”, explica o comunicado.

“O Santander Totta é líder nas linhas de crédito protocoladas com a PME Investimentos desde 2010, e líder de contratação nas linhas com as Sociedades de Garantia Mútua”, explica a instituição que realça que a “aposta do Banco no segmento de Empresas e o forte apoio concedido à economia portuguesa, contribuindo assim para o desenvolvimento das pessoas e dos negócios”.

A posição de liderança do Santander verifica-se também nas linhas protocoladas com as Sociedades de Garantia Mútua, com uma quota de mercado em carteira vida de 23,4%, e contratação homóloga (outubro de 2018 versus outubro de 2017) de 21,5%.

“Na Linha Tesouraria Incêndios, criada para apoiar as empresas com danos causados pelos incêndios deflagrados em outubro de 2017, o Santander é líder com um montante contratado até 30 de novembro, de 3 milhões de euros, ou seja, 45% do sistema”, explica a instituição.

Também na área da reabilitação urbana, “o Santander é líder no número de operações contratadas ao abrigo do IFRRU 2020, com 26 financiamentos em 42 já realizados no sistema, até 31 de outubro”, destaca o banco.

“Estes números vêm ao encontro do foco que o Santander tem vindo a colocar no segmento de Empresas, com um crescimento de 30% no número de Clientes de Banco Principal (na comparação de setembro deste ano com setembro do ano passado), refletindo a estratégia de maior proximidade com os clientes, nomeadamente, no quadro da oferta não financeira do Santander Advance Empresas.

Recomendadas

CGD vai continuar com uma posição de capital acima da média da Europa, diz Paulo Macedo

O presidente da Comissão Executiva da CGD disse hoje que o banco vai continuar com uma das maiores redes de agências e com uma posição de capital acima da média da Europa e acima dos bancos portugueses.

Oracle e tecnológica portuguesa modernizam sistemas de quatro Caixas Agrícolas

As instituições bancárias do Bombarral, Chamusca, Mafra e Torres Vedras vão implementar novas soluções de banca digital ao longo dos próximos dois anos. O projeto, que decorre até 2024, envolve a migração de dados para a ‘cloud’.

Sindicatos bancários mantêm proposta de revisão salarial para trabalhadores do BCP

Os sindicatos consideram que a proposta do BCP “não é suficiente, nem ajustada à realidade”. E prometem continuar a lutar por uma “atualização justa” para os bancários do banco liderado por Miguel Maya.
Comentários