São Francisco considerada a melhor cidade para startups. Lisboa entra no top 100 mundial

Portugal teve sete cidades no top 1.000 mundial. O ranking foi baseado em três fatores: quantidade, qualidade e ambiente de negócios.

10. São Francisco, EUA

A cidade de São Francisco, nos Estados Unidos da América, foi considerada a melhor do mundo para a criação e desenvolvimento de startups, seguida por Nova Iorque e Londres, de acordo com a HelloSafe, baseada numa base de dados da Startup Blink. Lisboa foi a única, em Portugal, a ficar no Top 100, ao atingir a posição 83.

Portugal teve sete cidades no Top 1.000 mundial para criar e desenvolver startups. Lisboa (83), Porto (136), Braga (432), Coimbra (441), Aveiro (667), Funchal (949) e Leiria (965). Todas estas cidades portuguesas perderam importância, em termos posicionais, face ao ano anterior, com exceção de Leiria que não estava classificada e consegue entrar no ranking.

No ano anterior Lisboa estava na posição 82, Porto (134), Braga (296), Coimbra (442), Aveiro (583), Funchal (707).

Em termos europeus, no Top 10 ficaram Londres, Paris, Berlim, Estocolmo, Amesterdão, Moscovo, Munique, Dublin, Helsínquia e Madrid. Lisboa ocupa a posição 17.

Por país, Portugal aparece no lugar 28 em termos mundiais.

Na Europa lidera o Reino Unido, seguida por Suécia, Alemanha, França, Países Baixos, Suíça, Estónia, Finlândia, Irlanda, e Espanha, que fecha o Top 10 europeu. Portugal ocupa a posição 16.

O ranking teve em consideração os três fatores de quantidade, qualidade, e ambiente de negócios.

Recomendadas

TAP: PS esclarece que viabilizará proposta de inquérito do BE com abstenção

O Grupo Parlamentar do PS esclareceu que viabilizará a proposta de inquérito parlamentar do Bloco sobre a TAP através da abstenção, corrigindo a posição assumida pelo deputado Carlos Pereira.

EDP já instalou mais de 700 mil painéis solares nas casas de famílias na Ibéria

A EDP explica que “estas famílias conseguem uma poupança média de até 30% ou mesmo 70% quando agregado a uma bateria de armazenamento. A produção de energia gerada nestas instalações seria suficiente para abastecer com energia renovável 500 mil pessoas por mês, o equivalente a fornecer apenas com energia solar toda a população de Lisboa”.
litio

Lítio: Comissão de Avaliação dá parecer favorável à mina em Montalegre

A Lusorecursos Portugal Lithium confirmou um parecer favorável por parte da Comissão de Avaliação da Mina do Romano, que dá luz verde à exploração mista de lítio (céu aberto e subterrânea) em Montalegre.
Comentários