“Saúdo a solução encontrada para resolver a situação no BPI”

A empresária Isabel dos Santos afirmou estarem reunidas as condições para que o BPI e o BFA consolidem a posição nos mercados português e angolano.

“Saúdo a solução encontrada para resolver a situação no BPI, que reflete o consenso entre os acionistas e mostra o sentido de compromisso e responsabilidade que sempre orientou a atuação da Santoro”, diz a empresária Isabel dos Santos.

Isabel dos Santos acrescentou ainda que “estão reunidas as condições para que ambas as instituições, o BPI e o BFA, consolidem a sua posição nos mercados português e angolano, contribuindo para o crescimento das economias de ambos os países.”

“Desde o início, conduzimos este processo com idoneidade e transparência, de forma a responder aos interesses de todas as partes envolvidas”, conclui.

Relacionadas

CaixaBank sobe preço da OPA sobre o BPI para 1,134 euros

Inicialmente, os catalães tinham oferecido 1,113 euros por ação.

CaixaBank forçado a lançar OPA obrigatória ao BPI

O CaixaBank terá, em princípio, de fazer um novo anúncio preliminar, mas há opiniões jurídicas divergentes. A OPA obrigatória não pode ter condições de eficácia.

Artur Santos Silva diz que BPI está empenhado em comprar o Novo Banco

Processo de venda direta do Novo Banco estava pendente desta decisão da AG do BPI. A venda direta é o caminho prioritário para vender o banco. Uma venda da totalidade do capital repartido por institucionais é para já um plano alternativo.

BPI consegue desblindar os estatutos

Assembleia Geral do BPI vota proposta para desblindagem dos estatutos.

BPI brilha em Lisboa. CaixaBank perde 1%

Os títulos do BPI continuam a reagir positivamente ao novo preço da OPA do CaixaBank. Já o banco catalão está a ser penalizado pelos maiores encargos a suportar.
Recomendadas

PremiumAntigas gestoras voltam ao mercado de trabalho com a Católica-Lisbon

Programa destina-se a mulheres com background na área de gestão, finanças e economia, que estão fora há, pelo menos, dois anos. Há nova edição na forja.

PremiumParceria com Universidade Eduardo Mondlane reforça aposta da UPT na lusofonia

A cooperação entre as universidades portuguesa e moçambicana abrange as áreas da formação avançada, da mobilidade de estudantes e de ‘staff’, da formação pedagógica de docentes, bem como projetos de investigação.

Número de inscritos no ensino superior atinge máximo histórico com mais de 433 mil estudantes

“Este resultado mantém Portugal na trajetória necessária para atingir as metas de qualificação de longo prazo”, aponta o Governo.
Comentários