Schroders anuncia investimento estratégico em ativos digitais

A Schroders assumiu uma participação minoritária estratégica na Forteus, uma gestora de ativos de tecnologia blockchain e ativos digitais.

A gestora britânica anunciou em comunicado que adquiriu uma participação estratégica ainda que minoritária na Forteus, uma gestora de ativos de tecnologia blockchain e ativos digitais. O valor do negócio não foi revelado.

A Forteus faz parte da equipa de gestão de ativos do Grupo Numeus, uma empresa diversificada de investimento em ativos digitais.

A Numeus, liderada por Nobel Gulati, antigo CEO da Two Sigma Advisers, foi fundada por uma equipa de especialistas em finanças, blockchain e profissionais de tecnologia que têm uma paixão partilhada por ativos digitais juntamente com muitos anos de experiência de instituições globais.

“A Schroders optou por investir num especialista leading-edge em tecnologia blockchain e ativos digitais, com o objetivo de apoiar a sua educação e investigação contínua neste sector e desenvolver soluções de investimento em benefício dos seus clientes”, refere a sociedade em comunicado.

A empresa diz que “aprender com a plataforma de investigação e tecnologia Numeus permitirá à Schroders aproveitar os benefícios transformacionais que a blockchain pode trazer à indústria de gestão de ativos e desenvolver a estratégia de tokenisation”.

Gideon Berger, antigo Co-CIO da Blackstone Alternative Asset Management, é o Presidente da Forteus (não-executivo). A empresa está sediada no coração do Vale Crypto em Zug, Suíça, e tem também um escritório em Nova Iorque.

“A Forteus oferecerá uma gama de soluções de investimento que abrange portfólios personalizados de gestores externos, yield generation, portfólios temáticos geridos ativamente e, a longo prazo, a tokenisation. Uma vez disponível, e quando apropriado, a Schroders dará aos clientes acesso às capacidades da Forteus”, lê-se no comunicado.

O CEO da Schroders Peter Harrison, diz em comunicado que “a Blockchain será um catalisador de mudança fundamental na gestão de ativos, serviços financeiros em geral e em muitas outras indústrias. Não só tem o potencial de transformar a eficiência das soluções existentes, como irá impulsionar a democratização dos ativos privados; representa uma nova fronteira de inovação tecnológica e financeira”.

Nobel Gulati, CEO do Numeus Group, por sua vez, diz que “estamos muito entusiasmados por receber a Schroders como um investidor fundador na Forteus. Juntos, vamos aproveitar a experiência da Numeus em ativos digitais, tecnologia e investigação quantitativa combinada com a marca líder da Schroders, com vastas capacidades em gestão de ativos e distribuição global. Isto permitir-nos-á servir os investidores que até agora têm lutado para aceder a oportunidades de investimento sólidas nesta classe de ativos em rápida evolução”.

A gestora britânica diz que “a inovação faz parte do ADN da Schroders e tem permitido que o negócio evolua e cresça durante mais de 200 anos”.

“As startups Fintech são um encaixe natural na Schroders que gere um programa bem estabelecido chamado Cobalt. Este programa é especializado em investir em inovadores que aproveitam a tecnologia edge”, lê-se na nota.

Recomendadas

Sindicatos atentos ao fundo pensões do BCP

Os Sindicatos Verticais da Banca asseguram aos associados do BCP que tudo farão “na defesa dos seus interesses no Fundo de Pensões do banco”.

BCE vigia 31 bancos por riscos associados à subida das taxas de juro

Banco Central Europeu lançou uma revisão dos riscos de taxa de juro e spread de crédito para avaliar a exposição dos bancos. Numa primeira fase irá monitorizar 31 instituições financeiras

CP transportou 70 milhões de passageiros e supera valores de 2019 no primeiro semestre de 2022

A CP – Comboios de Portugal registou, no primeiro semestre de 2022, um aumento da procura de 77,5%, quando comparado com o período homólogo de 2021, o que se traduz em cerca de 70 milhões de passageiros transportados.
Comentários