Seat Portugal suspende venda de 50 automóveis

A Seat Portugal decidiu suspender preventivamente a venda dos 50 automóveis que estão em stock com o motor EA189 e que estão a ser analisados pela Volkswagen para averiguar se estão equipados com o software manipulador de emissões poluentes. A notícia foi avançada pelo Diário Económico no seu site ao início da tarde, depois de […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Seat Portugal decidiu suspender preventivamente a venda dos 50 automóveis que estão em stock com o motor EA189 e que estão a ser analisados pela Volkswagen para averiguar se estão equipados com o software manipulador de emissões poluentes.

A notícia foi avançada pelo Diário Económico no seu site ao início da tarde, depois de o fabricante automóvel espanhol Seat ter divulgado que a nível global vendeu cerca de 700 mil carros a diesel com o motor EA189 e cumpridor da norma Euro 5, equipados com o ‘software’ que falsifica os resultados dos testes antipoluição, segundo explicou um porta-voz da marca.

Contactada pela Lusa, fonte da Seat Portugal explicou que a suspensão da venda dos únicos 50 carros em stock com o motor em causa “é uma medida de prevenção até se averiguar esta situação relativamente aos motores”.

“O grupo Volkswagen está a avaliar o impacto deste motor no cumprimento das normas europeias”, disse a mesma fonte, sublinhando, contudo, “que todos estes motores são seguros, não põem em causa a condução e segurança dos utilizadores”.

Por outro lado, explicou que a acontecer uma ação de recall (chamar às oficinas), o grupo contactará todos os seus clientes, através das suas marcas, “assumindo qualquer custo com o processo”.

Quanto ao Seat Leon, um dos modelos de maior sucesso da marca, não foi afetado, frisou a mesma fonte.

A Seat Portugal adiantou ainda que “todos os novos automóveis Seat vendidos na União Europeia e equipados com o motor Euro 6 cumprem sem exceção todos os requisitos legais”.

A Seat está a apurar em termos globais quantos veículos equipados com o software foram vendidos em Espanha e especificamente de que modelos, segundo afirmou o porta-voz da marca, acrescentando que “os proprietários de veículos com motores EA189 serão chamados” a centros técnicos para fazer as revisões necessárias.

A marca de automóveis, adquirida pela Volkswagen na década de 1980, já tinha afirmado que tinha decidido “suspender temporariamente” as vendas e as entregas de todos os veículos Seat novos com motor a diesel EA189 e lançar uma página de internet para responder às perguntas dos seus clientes.

OJE

Recomendadas

H&M vai cortar 1.500 postos de trabalho

“O programa de corte de custos e aumento da eficiência que iniciámos envolve a reestruturação da organização”, disse a presidente executiva da multinacional, Helena Helmersson.

Greve dos trabalhadores da CP suprimiu 143 comboios até às 08:00 (com áudio)

Os trabalhadores da CP – Comboios de Portugal cumprem hoje uma greve de 24 horas, em conjunto com os trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP), com a CP e a Fertagus a preverem perturbações na circulação.

Mais de 80% dos unicórnios está na cloud, destaca Adam Selipsky

Para o CEO da Amazon Web Services, a nuvem permite às empresas moverem-se em quatro cenários diferentes: vasto, incomensurável, extremo e de possibilidades futuras.