SEF deu visto a paquistanês proibido de entrar no espaço Schengen

A descoberta surgiu na sequência de uma auditoria do Gabinete de Inspeção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deu autorização de residência a um cidadão do Paquistão que estava abrangido por uma medida, emitida pela Noruega, de segurança de interdição de entrar no espaço Schengen, conta o “Diário de Notícias” desta quarta-feira.

A ‘luz verde’ à entrada do paquistanês, cujos dados estavam no Sistema de Informações Schengen, foi validada por uma inspetora que coordenava o posto de atendimento do serviço em Alverca.

A descoberta surgiu na sequência de uma auditoria do Gabinete de Inspeção do SEF que, entre outros exemplos, encontrou mais de dois mil casos irregulares em apenas uma direção regional e indícios de corrupção.

Depois destas suspeitas, que envolviam ainda autorizações de residência concedidas a estrangeiros que deram informação falsa, o Ministério Público abriu inquéritos para investigar as irregularidades. Questionada pelo DN sobre o desenvolvimento da investigação, a procuradora-geral da República disse que “não conseguiu localizar” os processos.

Relacionadas

Novo diretor do SEF manda arquivar auditoria com suspeitas de crime

Com o arquivamento da auditoria interna, o SEF lida agora com uma situação de mal-estar entre funcionários de base e de topo.

Mais de 225 mil estrangeiros adquiriram nacionalidade portuguesa nos últimos 8 anos

Número de aquisições de nacionalidade portuguesa por estrangeiros aumentou 30% no ano passado, face a 2015. Alterações legislativas terão contribuído.
Recomendadas

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

MyCloma Fest XMAS Edition regressa este fim-semana ao Porto

Fundada por quatro jovens em 2020, a MyCloma é uma plataforma portuguesa de compra e venda de roupa em segunda mão, uma aposta num modelo de economia circular, que visa combater o desperdício têxtil enquanto que ajuda a prolongar o ciclo de utilização dos bens. 

Liga Portuguesa é “exemplo internacional” no combate à corrupção, diz Pedro Proença

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional considerou que a Liga portuguesa tem vindo a “consolidar” um “caminho de rigor, transparência e credibilidade”.
Comentários