PremiumSegurança Social teve receita de 2,29 milhões com rendas em 2021

O relatório do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social dá conta de que em 2021 a receita de rendas cresceu.

A meta da Segurança Social para a receita gerada pelas rendas voltou a ser batida, no último ano. De acordo com o relatório de atividades do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS), foram arrecadados, por esta via, 2,29 milhões de euros em 2021, valor acima do registado no primeiro ano da pandemia. Em 2022, o objetivo volta a estar situado nos dois milhões de euros, de acordo com o Plano Estratégico, que foi publicado em meados de agosto.

Segundo adianta o IGFSS, no último ano, a atuação no âmbito da gestão do património imobiliário da Segurança Social ficou marcada por quatro eixos: rentabilidade do património de renda livre, valorização e conservação do património, otimização da gestão do património e melhoria contínua dos serviços.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Preços da energia em Itália vão subir ainda mais apesar de já estarem elevados

O Executivo de Roma já dedicou este ano 60 mil milhões de euros a medidas para procurar reduzir o impacto da subida destes preços.

Crise/inflação: Costa recusa razões para alarmismo sobre panorama dos créditos à habitação

António Costa procurou assegurar que o seu Governo está “atento” face ao impacto da subida dos juros nas prestações a pagar pelas famílias com créditos à habitação.

Alemanha não vai seguir “política fiscal expansionista” do Reino Unido

O Governo alemão anunciou um fundo de 200 mil milhões de euros destinado a proteger consumidores e empresas do aumento dos preços do gás impulsionado pela guerra na Ucrânia.
Comentários