Sentimento económico na Alemanha melhora significativamente em janeiro

Sentimento económico na Alemanha superou as expectativas e regressou a “terreno positivo”, pela primeira vez desde a invasão russa da Ucrânia.

4 – Alemanha

O índice de sentimento económico calculado pelo Instituto ZEW para a Alemanha voltou a melhorar em janeiro, pelo quarto mês consecutivo. Os dados divulgados esta terça-feira mostram também que, pela primeira vez desde a invasão russa da Ucrânia, esse indicador está em “terreno positivo”.

De acordo com a nota divulgada esta manhã, o sentimento económico alemão registou um “salto significativo” no primeiro mês do ano, passando de -23,3 pontos para 16,9 pontos. Em causa está, portanto, uma subida de 40,2 pontos, muito acima das expectativas dos analistas, que estavam a apontar para uma melhoria de cerca de oito pontos.

“Pela primeira vez desde fevereiro de 2022, o indicador está, assim, de volta a terreno positivo”, nota ainda o Instituto ZEW.

“Pela primeira vez desde o mês em que a guerra na Ucrânia arrancou, o indicador ZEW de sentimento económico aponta para uma melhoria significativa da situação nos próximos seis meses. A situação mais favorável no mercado energético e o teto aos preços da energia determinados pelo Governo alemã contribuíram para este cenário. Além disso, as condições das exportações alemães estão a melhorar face ao levantamento das restrições associadas à pandemia na China”, observa o presidente do instituto em causa.

Achim Wambach sublinha, deste modo, esta terça-feira que as expectativas para os sectores virados para a exportações e intensivos em energia melhoraram consideravelmente. E acrescenta que a perspetiva de que a inflação vai continuar a desacelerar está, por sua vez, a melhorar as expectativas relativas aos sectores ligados ao consumo.

Já o indicador relativo à avaliação da situação económica atual da Alemanha registou uma melhoria mais ligeira: 2,8 pontos para -58,6 pontos. Os mercados apontavam para uma recuperação para 57,0 pontos, que se revelou mais otimista do que efetivamente foi registado.

Por outro lado, no que diz respeito à zona euro, o sentimento também “melhorou fortemente em janeiro”, com uma subida de 40,3 pontos para 16,7 pontos. Já o indicador relativo à situação atual na área da moeda única passou para -54,8 pontos, tendo subido 2,6 pontos.

Recomendadas

Descida da inflação permite corte de 2,5% em Angola

A consultora Oxford Economics Africa considerou este sábado que a descida da inflação para 12,2% durante este ano dará espaço ao banco central de Angola para descer a taxa de juro para 250 pontos base.

FMI propõe à Guiné-Bissau isenções fiscais apenas para projetos de desenvolvimento e ajuda humanitária

O Fundo Monetário Internacional (FMI) propôs ao Governo da Guiné-Bissau a revogação das isenções fiscais e que aquelas apenas sejam atribuídas a projetos de desenvolvimento ou de ajuda humanitária, anunciou este sábado o Ministério das Finanças guineense.

Resgate de PPR para crédito à habitação sem limite de valor e de data de subscrição

O resgate antecipado de PPR para pagamento de empréstimo da casa pode ser feito, sem penalização, ao longo de 2023 independentemente do valor a levantar e da data da subscrição, segundo o Ministério das Finanças.
Comentários