Serviço de Saúde da Madeira abre concurso para admissão de 80 enfermeiros

O Serviço de Saúde da Madeira (Sesaram) vai abrir concurso para admissão de 80 novos enfermeiros, indicou hoje o secretário regional do setor, Pedro Ramos, sublinhando que o diploma será aprovado na quinta-feira em Conselho do Governo Regional (PSD/CDS-PP).

“O investimento nos recursos humanos, o investimento no equipamento e o investimento em todo aquilo que é planificação e organização do sistema de saúde é extremamente importante, sob pena de aparecerem problemas ao nível da resposta”, disse o governante insular.

Pedro Ramos, que tutela as áreas da Saúde e Proteção Civil, falava no âmbito de uma visita ao Centro de Saúde do Bom Jesus, no Funchal, onde se inteirou das atividades desenvolvidas pela consulta do jovem.

O governante disse que o Governo Regional pretende integrar até 80 novos enfermeiros no sistema público, explicando que o número corresponde aproximadamente ao de finalistas da Escola Superior de Enfermagem São José Cluny e da Universidade da Madeira.

Em relação à consulta jovem, que atende utentes dos 12 aos 19 anos, Pedro Ramos disse ter um impacto “muito importante” nessa faixa etária, sendo que em 2021 foram feitas 16 mil consultas da área médica e 13 mil da área da enfermagem.

“Consulta do adolescente tem já mais de 20 anos de existência e os jovens têm facilidade em se dirigirem a esta consulta”, realçou, referindo que o podem fazer por iniciativa própria, por indicação do médico de família ou por sugestão de familiares e amigos.

O Centro de Saúde do Bom Jesus dispõe também de um serviço de consulta para estudantes universitários, que foi criado em 2020, devido à pandemia de covid-19, para dar resposta sobretudo aos estudantes que se encontravam no continente e não estavam registados no Serviço Nacional de Saúde.

Recomendadas

UMa promove Macaronight para debater adaptação às alterações climáticas e restauração das águas e oceanos

Na Madeira, o projeto é liderado pela Universidade da Madeira e tem como parceiros a Secretaria Regional de Educação, a Câmara Municipal do Funchal, a ARDITI e a StartUp Madeira.

PS Madeira defende mais devolução de IRS às famílias de Santa Cruz

A deputada municipal Leonilde Cassiano considerou que esta proposta constituiria “uma forma de compensar as famílias do concelho pela perda de poder de compra provocada pela inflação e pelo aumento dos encargos com juros nos seus empréstimos à habitação”.

Madeira: JPP estranha silêncio de Eduardo Jesus sobre dificuldade no reembolso do Subsídio de Mobilidade em viagens da Ryanair

Élvio Sousa vincou que o apoio financeiro disponibilizado pelo Governo Regional da Madeira de 452 mil euros ano à Ryanair deve, justamente, obrigar uma intervenção célere, imediata e justaposta visando a resolução de uma situação que está a prejudicar madeirenses e porto-santenses.
Comentários