Sérvulo e Plen assessoram a venda do Edifício Lisboa à Kancelaval

A Sérvulo & Associados assessorou o Fundo de Pensões do Grupo BCP, gerido pela Ageas e a Kancelaval – Sociedade Imobiliária, subsidiária do grupo Marathon, foi assessorada pela PLEN, Sociedade de Advogados.

A Sérvulo & Associados assessorou o Fundo de Pensões do Grupo BCP, gerido pela Ageas – Sociedade Gestora de Fundos de Pensões na aquisição de 16 frações do Edifício Lisboa, no Parque das Nações, à Kancelaval – Sociedade Imobiliária, subsidiária do grupo Marathon. A transação foi concluída no passado dia 20 de dezembro de 2022.

A Kancelaval foi assessorada pela PLEN, Sociedade de Advogados.

Esta operação imobiliária foi complexa e de grande dimensão, “nos múltiplos aspetos e áreas do direito em que mesma se desenvolveu, nomeadamente, imobiliário, urbanismo, fiscal e seguros, compreendendo a realização da Buyer Due Diligence, negociação do SPA, e dos Buyer-Side Acquisition Insurances” e do lado do Fundo de Pensões do BCP foi liderada pelo Sócio, Manuel Magalhães, responsável pelo departamento de Imobiliário, Urbanismo e Turismo.

A Sérvulo diz que a equipa multidisciplinar foi composta por Maria João dos Santos, consultora do departamento de Financeiro & Governance, que coordenou os trabalhos, Filipa Névoa, consultora, Carla Parreira Leandro, associada principal, Francisca Saldanha Monteiro, Pedro Joao Domingos, Inês Mundel Calado e Inês Borges Gonçalves, associados, e Maria Luísa Esgaib Borges, advogada estagiária, todos do departamento de Imobiliário, Urbanismo e Turismo.

A equipa contou ainda com o departamento Fiscal, representado pela sócia Teresa Pala Schwalbach e pelo associado Henrique Brito e Faro, com departamento de seguros, através do sócio Francisco Boavida Salavessa, e com o solicitador Luís Monteiro Romão.

O Edifício Lisboa é um imóvel de uso misto (retalho e escritório) com aproximadamente 7.300 metros quadrados de Área Bruta de Locação (ABL) distribuída por cinco pisos e 105 lugares de estacionamento. Na componente de retalho, todos os espaços estão dedicados à restauração, nomeadamente pela McDonald’s, Nova Peixaria e Arigato. Entre os inquilinos na componente de escritórios contam-se a Nowo, Ericsson e a Cambridge School.

Relacionadas

Fundo de pensões do Grupo BCP compra ‘Edifício Lisboa’ no Parque das Nações

Este fundo que é gerido pela Grupo Ageas Portugal adquiriu o empreendimento a um fundo afiliado da Marathon MCAP Global Finance, sendo que os valores do negócio não foram divulgados.
Recomendadas

Refinanciamento da Finerge de 2,3 mil milhões eleito “Deal of the Year 2022” de energias renováveis na Europa

O refinanciamento da portuguesa Finerge, no montante de 2,3 mil milhões de euros, que teve o Banco Santander como assessor financeiro, foi eleito “Deal of the Year 2022” de energias renováveis na Europa, no âmbito dos PFI Awards, da revista Project Finance International.

PremiumCMVM está “completamente descontextualizada”

O Bastonário da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas espera que o novo presidente da CMVM traga uma regulação e supervisão comparável à do BdP. Sector sente falta de recursos humanos, mas mantém otimismo cauteloso em 2023.

Howden assessorou venda dos fundos de reestruturação da ECS à DK Partners

A Howden, através da sua equipa de M&A com presença em Lisboa, assessorou o designado Project Crow, que consistiu na venda dos fundos de reestruturação geridos pela ECS e detidos pelos bancos à Davidson Kempner Partners (DK).
Comentários