SESARAM cria linha de apoio para vacinação contra a covid-19

A linha de apoio está operacional a partir desta segunda-feira. Existe um e-mail associado que ficou ativo a 23 de dezembro.

O Serviço Regional de Saúde da Madeira (SESARAM) criou uma linha telefónica de apoio, e um e-mail para esclarecimento de dúvidas e marcações, para a vacinação contra o covid-19.

E e-mail já está ativo desde 23 de dezembro, e a linha de apoio fica operacional a partir desta segunda-feira.

Pode contactar a linha de apoio à vacinação contra o covid-19 através do 800 210 263, e o e-mail para o qual pode endereçar as suas dúvidas e marcações é: vacinacao@sesaram.pt

A linha de apoio funciona entre as 09:00h-20:00h.

Plano de vacinação tem três fases e inclui 200 mil pessoas

A Madeira tem disponível, a partir da primeira semana de janeiro, 9.750 vacinas contra o covid-19. O plano de vacinação, que foi apresentado na semana passada, tem três fases, e inclui cerca de 200 mil pessoas.

Os grupos prioritários, que serão os primeiros a ser vacinados, incluem profissionais e residentes em lares, pessoas com mais de 50 anos com insuficiência cardíaca, doença coronária ou respiratória crónica, profissionais de saúde diretamente envolvidos na prestação de cuidados a doentes e forças armadas e de segurança.

A primeira fase de vacinação, cuja cadeia logística estará a cargo do SESARAM, compreenderá 50 mil pessoas residentes no arquipélago, a segunda mais 50 mil pessoas e a terceira as restantes 100 mil previstas no plano.

Recomendadas

Orçamento do Funchal para 2023 aprovado por maioria na Assembleia Municipal

A proposta de Orçamento da Câmara Municipal do Funchal para 2023 foi aprovada com os votos a favor dos 25 deputados da coligação PSD/CDS-PP, contando com os votos contra do PS (nove deputados), BE (três), PAN (um), MPT (um) e CDU (um).

O que é o spread no crédito à habitação e como saber se está adequado? Saiba aqui

Para quem contratou crédito à habitação há mais de dez anos é possível que esteja a pagar um spread elevado, se comparado com o atualmente praticado no mercado. Atualmente há ofertas bancárias com spreads abaixo de 1% no crédito à habitação, com bancos a oferecer spreads de 0,85%.

Madeira: Secretário das Finanças apresenta Orçamento Regional na Comissão de Economia, Finanças e Turismo

“São mantidas as reduções do IRC e da Derrama, havendo ainda a previsão de manter a intervenção na fixação dos preços dos combustíveis, à semelhança do que está a ser feito este ano”, apontou Rogério Gouveia.
Comentários