Shawn Mendes cancelou digressão mundial que incluía concerto em Lisboa em 2023

A decisão ficou a dever-se a questões de saúde mental, anunciou a promotora Everything Is New. O cantor canadiano deveria actuar em Lisboa em Junho de 2023.

Créditos: Kim Erlandsen

O cantor e compositor canadiano Shawn Mendes cancelou a digressão mundial que tinha em curso – e que incluía um concerto em Lisboa, na Altice Arena, em Junho de 2023 –, devido a questões de saúde mental, anunciou esta quarta-feira a promotora Everything is New. “É com profunda tristeza que informamos que toda a Wonder World Tour de Shawn Mendes foi cancelada, o que inclui o espectáculo agendado para o dia 7 de Junho”, lê-se numa publicação partilhada pela promotora nas redes sociais.

Quem já tinha adquirido bilhete, poderá requerer o reembolso do respectivo valor já a partir desta quinta-feira. “Todos os compradores de bilhetes online serão reembolsados automaticamente num prazo máximo de 30 dias”, esclarece a publicação da Everything is New, precisando: “Quem adquiriu bilhetes em lojas físicas, poderá solicitá-lo no respectivo local de compra, apresentando o bilhete e comprovativo de pagamento, até 30 dias subsequentes à data prevista do espectáculo (com término a 6 de Julho de 2023)”.

Nas últimas semanas, Shawn Mendes já tinha adiado algumas datas da actual digressão, que começou nos Estados Unidos e seguiria mais tarde para a Europa, devido a questões de saúde mental. Numa publicação, também partilhada nas redes sociais, Shawn Mendes pede desculpa aos fãs pelo cancelamento, contando que começou a actual digressão “entusiasmado por finalmente voltar a tocar ao vivo após uma longa pausa devido à pandemia”.

“Mas a realidade é que eu não estava de todo preparado para o quão difícil seria andar em digressão depois deste tempo afastado. Depois de falar com a minha equipa e de trabalhar com um grupo incrível de profissionais de saúde, tornou-se mais claro que preciso de tirar o tempo que nunca tirei, para me ‘recentrar’ e regressar mais forte”, partilhou o músico.

Inicialmente esta digressão deveria ter passado por Portugal em Maio deste ano, mas as datas acabaram por ser adiadas “devido à pandemia e às restrições de viagem e problemas logísticos”.

De ascendência portuguesa, Shawn Peter Raul Mendes deu-se a conhecer em 2013. Participou, posteriormente, num concurso televisivo de talentos, e tem já editados quatro álbuns de estúdio.

O músico já recebeu 13 prémios da Sociedade de Autores e Compositores do Canadá (SOCAN), dez do canal televisivo MTV Europa, oito iHeartRadio MuchMusic Video Awards, do Canadá, e foi duas vezes nomeado para os Grammy, dos Estados Unidos. Em 2018, a revista Time apontou-o como uma das “100 pessoas mais influentes do mundo”.

Recomendadas

Museu Bordalo Pinheiro lança Biblioteca Online em mês de aniversário

Agosto é mês de aniversário para o Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa. E para assinalar 106 anos de vida, o Museu lançou um catálogo online, pois o futuro é digital e a obra de Bordalo quer-se, como diz a rima, “imortal”.

Livro: “O Leopardo-das-Neves”

Neste relato extraordinário de uma viagem física e espiritual, que se converteu numa verdadeira peregrinação pela essência da vida, Peter Matthiessen assinou um dos melhores livros que conjugam viagens e escrita da natureza.

Kevin Spacey perdeu o recurso e vai mesmo ter que pagar 30 milhões por repetidos atos de assédio sexual

Um tribunal de Los Angeles rejeitou o recurso que o ator de Hollywood tinha interposto contra a sua condenação e confirmou assim a condenação.
Comentários