SIBS: mais de um quinto do valor gasto na Black Friday foi em compras online

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Dados da SIBS revelam que 22% do valor gasto na última Black Friday foi em compras online, um peso que bate por muito os 18% do ano passado.

O comércio online continua a ganhar peso nas compras em Portugal. Na última Black Friday, que ocorreu a 25 de novembro, mais de um quinto (22%) do valor gasto foi em compras online, revelam dados do SIBS Analytics.

Este número supera os 18% do valor de compras online no ano passado e que compara com os 16% e 12% de 2020 e 2019, respetivamente, anos marcados por fortes restrições relacionadas com o combate à pandemia de Covid-19.

Em linha com este crescimento do comércio online, o MB WAY continua a ganhar destaque e a assumir-se cada vez mais como um dos métodos de pagamento preferidos dos portugueses, revelam os dados. “Na Black Friday de 2022, o MB WAY foi utilizado 17,3 vezes mais nas compras físicas do que em 2019 e 5,9 vezes mais nas compras online, mantendo a tendência de crescimento que já registou nos anos anteriores pela sua conveniência, simplicidade e segurança”.

A SIBS refere que nos últimos anos, os consumidores têm vindo a dispersar a decisão de compra pelos vários dias de Black Week (entre 21 e 28 de novembro), uma vez que as campanhas comerciais relacionadas com este período também se têm estendido por este período.

Neste contexto, concretiza, “o dia da Black Friday de 2022 verificou um menor crescimento de valor de compras face à média do mês de novembro quando comparado com o período homólogo (1,35 vezes vs 1,5 vezes em 2021)”.

Além disso, acrescenta, em linha com esta evolução, o total de compras na Black Week aumentou 12% face ao ano passado, enquanto na Black Friday o crescimento foi de 7%. No que toca ao valor médio das compras, este desceu 5,4% face ao período homólogo, de 42,7 euros para 40,4 euros.

Ainda de acordo com os dados, na Black Friday, os maiores crescimentos continuam a verificar-se nas categorias de “Moda e Acessórios” (2,6 vezes de crescimento face à média diária do mês de Novembro), “Beleza Cosméticos e Perfumes” (2,1 vezes), “Material Desportivo e Recreativo” (1,6 vezes) e “Jogos, Brinquedos e Bens de Puericultura” (1,5 vezes). No Top 5 deste ano verificou-se a entrada da categoria de “Decoração e Artigos para o Lar” e a saída da categoria de “Tecnologia”.

A nível distrital, é em Coimbra, Braga e Bragança que se verifica o maior crescimento de compras na Black Friday face à média do mês de novembro, enquanto os distritos mais a sul, Santarém e Portalegre estão entre aqueles que apresentam menor crescimento.

Recomendadas

Mercado automóvel com crescimento homólogo de 43%

Em janeiro foram matriculadas 17.455 viaturas em Portugal. No caso dos ligeiros de passageiros, o aumento homólogo é de 48,4%, ao passo que se regista uma queda de 7,3% face a 2019.

Presidente da República envia para o Tribunal Constitucional decreto sobre associações públicas profissionais

Segundo uma nota publicada no sítio oficial da Presidência da República na Internet, o chefe de Estado “considera que o decreto da Assembleia da República suscita dúvidas relativamente ao respeito de princípios como os da igualdade e da proporcionalidade, da garantia de exercício de certos direitos, da autorregulação e democraticidade das associações profissionais, todos previstos na Constituição da República Portuguesa”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários