Siemens Portugal anuncia Fernando Silva como novo presidente executivo

O gestor inicia funções a 1 de janeiro de 2023.

A Siemens Portugal anunciou Fernando Silva como novo presidente executivo.

Fernando Silva, que sucede a Pedro Pires de Miranda, vai iniciar as novas funções a 1 de janeiro de 2023. O gestor trabalha na Siemens desde 1999 e é atualmente o responsável pela unidade de negócio Smart Infrastructure em Portugal e Espanha.

“A liderança da Siemens Portugal constitui um legado de enorme responsabilidade, face à profunda ligação que a empresa tem com o desenvolvimento de Portugal, onde está presente há mais de 115 anos. Contribuir ativamente para os planos de descarbonização e transformação digital dos nossos principais clientes e do país, criando impacto na sociedade através da nossa tecnologia, continuará a ser a prioridade da empresa, constituindo a atração e retenção de talento nestas áreas o grande desafio para os próximos anos”, disse Fernando Silva.

O gestor vai manter-se como responsável pela unidade de negócio Smart Infrastructure da Siemens em Portugal e Espanha, cargo que assumiu a 1 de abril de 2019. “Anteriormente, o gestor foi diretor-geral da divisão Energy Management para Espanha e Portugal, uma unidade de negócio centrada no desenvolvimento das infraestruturas de transporte, distribuição e fornecimento de energia”, refere a empresa.

A carreira do gestor começou em 1991 na Landis & Gyr, tendo a partir de 1999 desempenhado diversas funções de gestão e direção na Siemens Portugal, nomeadamente nos setores da energia, redes inteligentes, infraestruturas e serviços.

Fernando Silva tem formação em Engenharia Eletrónica e de Telecomunicações, pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, e uma pós-graduação em e-Business – Gestão da Informação, pela Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE) da Universidade Católica Portuguesa. Em 2005, concluiu o Programa de Gestão Avançada para Executivos também pela FCEE.

“Com uma experiência profissional de mais de 20 anos na multinacional alemã, Fernando Silva tem liderado, a nível nacional e global, vários projetos nas áreas da energia e infraestruturas, concedendo-lhe um conhecimento profundo sobre temas fundamentais, como sejam a transformação digital, a transição energética ou a sustentabilidade, condições que garantem uma lógica de continuidade na transição da presidência executiva da empresa”, sublinha a empresa.

O grupo Siemens gerou receitas de 62,3 mil milhões de euros, no ano fiscal de 2021 e um resultado líquido de 6,7 mil milhões de euros, e tem cerca de 303 mil colaboradores em todo o mundo.

Recomendadas

PremiumRede 5G, um ano e quatro mil antenas depois

Portugal arrancou com a tecnologia de quinta geração a 26 de novembro. NOS, a primeira a lançar, revela que conta com 3.200 estações instaladas.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.

Marcas vs Catar: o difícil equilibrismo das maiores marcas do mundo. Veja o “Jogo Económico”

Do equilibrismo de quem patrocina a prova à anti-campanha de quem está de fora, estes dias estão entregues a uma espécie de Mundial de marcas com desfecho imprevisível. Daniel Sá, especialista em marketing desportivo e diretor-executivo do IPAM e Henrique Tomé, analista da corretora XTB, são os convidados desta edição.
Comentários