Sindicato dos Professores e Secretaria Regional da Educação em acordo na contagem integral do tempo de serviço congelado

Apesar desta concordância existe divergência relativamente ao período temporal de implementação da medida. O sindicato pede dois a quatro anos enquanto a Secretaria Regional entende que este deve ser mais dilatado.

A reunião desta terça-feira entre o Sindicato dos Professores da Madeira (SPM) e a Secretaria Regional da Educação, dirigida por Jorge Carvalho, terminou no global com um acordo nas principais reivindicações da estrutura sindical. Apesar da concordância relativamente à contagem integral do tempo de serviço congelado existiu uma divergência relativamente ao período de execução da medida.

O coordenador regional do SPM, Francisco Oliveira, esclarece que a posição da estrutura sindical e da Secretaria Regional da Educação é convergente relativamente à abrangência integral dos tais 9 anos, 4 meses e 2 dias que tinham sido congelados.

Francisco Oliveira explica que a discordância reside no período temporal de execução desta medida. A posição da estrutura sindical vai no sentido de dois a quatro anos enquanto a secretaria entende que deve existir um período mais dilatado.

Quanto à possível desconvocação do protesto marcado para 20 de dezembro Francisco Oliveira realça que está pendente da resposta através de um “documento formal” da Secretaria Regional da Educação. O coordenador regional do SPM admite alguma “discordância” e que este contenha uma “resposta razoável”.

Só depois da receção desse documento, diz Francisco Oliveira, é que o SPM se vai pronunciar sobre “a manutenção ou desconvocação” do protesto de 20 de dezembro acrescentando que é esperada uma resposta esta quarta-feira.

Francisco Oliveira realça que esta reunião de terça-feira foi preliminar e tem em vista a preparação para a negociação com a Secretaria Regional prevista para janeiro.

Recomendadas

O excesso de peso da mochila pode ser prejudicial à saúde do seu filho

É importante redobrar os cuidados e repensar nos materiais a levar para a escola, já que a mochila com peso tem um forte impacto na postura da criança.

Madeira: ACIF participa na quinta reunião transnacional do projeto BLUE-TEC

O projeto visa promover o crescimento inteligente do turismo náutico e costeiro da Macaronésia.

PSD/Açores disponível para novo modelo de financiamento dos bombeiros

O deputado regional social-democrata Luís Soares considerou necessário “saber como funcionam os mecanismos de acesso aos fundos comunitários, mantendo uma porta direta pelos bombeiros, em vez das candidaturas serem elegíveis somente através das câmaras municipais”.
Comentários