Premium“Sines tem potencial para ligação especial com gás natural de Moçambique”

O primeiro-ministro está de visita ao país lusófono que ambiciona ser um dos maiores produtores mundiais de gás. O ministro da Economia explica ao JE como Portugal pode beneficiar com o gás moçambicano.

Moçambique tem das maiores reservas mundiais de gás natural. Apesar de ainda não está a produzir em grande escala, o país lusófono é apontado como uma das grandes promessas a nível global no médio e longo prazo.

O ministro da Economia e do Mar analisa o cenário energético para o país lusófono numa altura em que o primeiro-ministro realiza uma visita oficial.

“Penso que o projeto de Moçambique é absolutamente decisivo e tem condições para avançar. Isto significa atenuar a dependência que temos da Rússia e haver um reequilíbrio no fornecimento de gás natural. O país tem nesta altura reservas que chegam a 200 TCF (triliões de pés cúbicos), ainda maiores que as da Nigéria, que é o maior produtor de África”, diz António Costa Silva ao Jornal Económico.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Moçambique baixa receitas fiscais do gás ao fundo soberano para 40%

Moçambique deverá ser um dos maiores exportadores mundiais de gás a partir de 2024, beneficiando não só do aumento dos preços, no seguimento da invasão da Ucrânia pela Rússia, mas também pela transição energética.

‘Prime rate’ moçambicana continua a 20,6% em outubro

A taxa calculada mensalmente pela AMB e Banco de Moçambique (BM) tem por base um indexante único (calculado pelo banco central) fixado em 15,3% e um prémio de custo de 5,3% (definido pela AMB), ambos inalterados.

São Tomé/Eleições: Partidos apresentam pedido para agrupar votos antes da atribuição de mandatos

O Movimento Basta, o MDFM/UL e a UDD apresentaram ao Tribunal Constitucional um pedido de coligação e agrupamento dos votos das três candidaturas antes da atribuição definitiva dos mandatos das eleições legislativas são-tomenses de domingo, a que concorreram separados.
Comentários