Sismo de 6,8 atinge costa leste da Nova Caledónia

De acordo com o USGS, o sismo no arquipélago do território francês da Nova Caledónia, no Pacífico Sul, ocorreu às 16:44 (06:44 em Lisboa) a uma profundidade de 10 quilómetros, a 279 quilómetros a sudeste de Tadine.

Um terramoto de magnitude 6,8 na escala de Richter atingiu hoje as Ilhas da Lealdade na Nova Caledónia, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

De acordo com o USGS, o sismo no arquipélago do território francês da Nova Caledónia, no Pacífico Sul, ocorreu às 16:44 (06:44 em Lisboa) a uma profundidade de 10 quilómetros, a 279 quilómetros a sudeste de Tadine.

O terramoto foi precedido por outros seis durante o dia, incluindo um de magnitude 6,9.

A Nova Caledónia situa-se perto do Anel de Fogo do Pacífico e dos vulcões submarinos da Bacia do Lau, registando regularmente uma forte atividade sísmica.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

Recomendadas

Mario Draghi deixa cimeira da NATO para tentar resolver tensões no governo italiano

O primeiro-ministro italiano deixou a cimeira da NATO em Madrid para regressar a Roma e presidir quinta-feira a uma reunião do Conselho de Ministros em pleno clima de tensão política.

Canábis: estudo revela riscos de consumo recreativo

Causa sérios riscos de hospitalização por problemas físicos e mentais, pelo que “não é tão positivo e seguro como se possa pensar”, diz o autor do estudo, professor assistente e investigador na Universidade de Toronto.

CEO deixa empresa de 65 mil milhões para ir para a “praia e não fazer nada”

Formica, que está no Reino Unido há quase três décadas, disse em entrevista que a sua saída se deve a “motivos pessoais”, incluindo o desejo de estar mais perto dos pais já idosos. Planeia voltar para a Austrália, o seu país natal.
Comentários