Sistema informático do Estado cabo-verdiano com falhas na Boa Vista

O problema, que ocorreu na ilha de Boa Vista, bloqueou os serviços da câmara municipal e do cartório notarial.

A ilha de Boa Vista registou esta quarta-feira falhas no sistema informático do Estado, o que bloqueou os serviços da câmara municipal e do cartório notarial, criando constrangimentos para os utentes e funcionários que estiveram de mãos atadas, sem condições de trabalho.

Conforme apurou a agência noticiosa Inforpress, desde a semana passada o acesso à Internet e o funcionamento do sistema só tem sido possível na Câmara Municipal da Boa Vista, depois das 16h00 (hora local).

De acordo com um comunicado que o gabinete de informática da câmara emitiu aos funcionários, ao qual a Inforpress teve, “há uma desconfiança de haver algum tipo de loop (erro) na rede”.

Pelo que solicitaram “a todos os colaboradores ao darem início às suas atividades, hoje, para não colocarem pen drive, telemóveis ou outro equipamento dispositivo pessoal nos computadores ou switchs”.

Ainda no mesmo incitaram os colaboradores a “desligar imediatamente os computadores, após conexão, caso a Internet for abaixo, até o pessoal da informática autorizar a ligação dos mesmos”.

No cartório, a situação se repetiu tendo bloqueado o sistema nos computadores.

Em contacto com o Núcleo Operacional para a Sociedade de Informação (NOSI), entidade responsável pelo sistema informático dos serviços do Estado, a Inforpress soube, através do assessor de comunicação, Orlando Tavares, que “houve uma instabilidade na rede a nível nacional”.

Segundo a mesma fonte, o problema, que já foi identificado, está a ser solucionado pelos técnicos da NOSI, os quais “tentam fazer de tudo” para que o problema “não volte a acontecer”.

Recomendadas

Cabo Verde quer cortar perdas de eletricidade na rede pública em 5,5 pontos em 2023

O Banco Europeu de Investimento vai financiar com 110 milhões de escudos (um milhão de euros) um programa para reduzir em 5,5 pontos percentuais as perdas de eletricidade na rede pública de distribuição em Cabo Verde em 2023, segundo o Governo.

CPLP: presidente da Guiné Equatorial à frente das contagens com 99,7% dos votos

A oposição denúncias fraude em massa e o único partido da oposição recusa reconhecer a vitória do líder octogenário, Teodoro Obiang. Há um mês, a CPLP congratulava-se com a integração do país como “Estado de pleno direito”.

Cabo Verde. Presidente assinala primeiro ano de mandato com críticas à crispação e avisos ao Governo

O Presidente da República cabo-verdiana, José Maria Neves, criticou hoje a “crispação” que permanece na política nacional, alertou que os tempos atuais “exigem consensos” e avisou que não é oposição, mas também não é “claque” do Governo.
Comentários