Siza Vieira diz que DST continua a negociar a compra da Efacec (com áudio)

Ministro da Economia admitiu que ainda “não foi tomada nenhuma decisão” quanto à privatização da Efacec.

O ministro da Economia e Transição Digital admitiu, esta segunda-feira, que a DST continua na corrida à compra da Efacec. À margem da apresentação do novo fundo da Indico Capital Partners, em Lisboa, Siza Vieira foi questionado sobre os desenvolvimentos da privatização da empresa, admitindo que “não foi tomada nenhuma decisão”.

No entanto, quando inquirido se isso queria dizer que a DST se mantinha nas negociações para a compra da Efacec o ministro da Economia respondeu: “exatamente”. Recorde-se que a DST foi a única empresa a apresentar uma proposta para a compra da Efacec, a 24 de novembro.

“O que lhe posso dizer é que não está neste momento nenhuma decisão tomada” em relação à privatização da Efacec, disse o ministro quando questionado se as negociações ficariam concluídas já na próxima legislatura, uma vez que as eleições legislativas são já no dia 30 janeiro.

 

Relacionadas

António Costa diz que privatização da Efacec fica para a próxima legislatura

António Costa confirmou hoje em entrevista à Rádio Observador que as negociações para a venda da Efacec vão ser retomadas já no quadro de uma nova legislatura. Sobre a TAP confirmou o interesse em vender 50% ou mais do capital da companhia.

Governo deixa privatização da Efacec para depois das eleições legislativas

A Parpública remeteu o relatório final com a avaliação da proposta da DST, em meados de dezembro, antes do Natal. Mas o Governo não vai avançar com a venda de 71,73% da Efacec. O executivo de António Costa prefere que seja o futuro Governo a decidir a reprivatização da Efacec Power Solution, apurou o Jornal Económico.
Recomendadas

PremiumEndiama lança-se na refinação de ouro para ser ‘player’ de peso

O Grupo Endiama, através da Geoangol, vai avançar com a construção da Refinaria de Ouro de Luanda, localizada no Polo Industrial de Viana. Na próxima segunda-feira, 27 de junho, o ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, apresentará este projeto.

Os desafios e constrangimentos de Christine Ourmières-Widener no primeiro ano

Christine Ourmières-Widener cumpre este sábado um ano como presidente executiva da TAP, um período marcado pelos desafios e constrangimentos da execução do plano de reestruturação, um compromisso que assumiu no primeiro dia.

PremiumAuditoria ao Novobanco há meses à espera do Parlamento

A terceira auditoria da Deloitte ao Novobanco foi entregue aos deputados em abril, mantendo-se como confidencial de forma provisória. Desde então, o tema não voltou a ser discutido.
Comentários