SL Benfica suspende venda de bilhetes para jogos na Luz

O SL Benfica comunicou a suspensão temporária da venda de bilhetes para os jogos no Estádio da Luz com o Galatasaray (3 novembro) e o Atlético Madrid (8 dezembro), da Liga dos Campeões de futebol. “O Sport Lisboa e Benfica informa que a venda de bilhetes para os jogos SL Benfica-Galatasaray e SL Benfica-Atlético de […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

O SL Benfica comunicou a suspensão temporária da venda de bilhetes para os jogos no Estádio da Luz com o Galatasaray (3 novembro) e o Atlético Madrid (8 dezembro), da Liga dos Campeões de futebol.

“O Sport Lisboa e Benfica informa que a venda de bilhetes para os jogos SL Benfica-Galatasaray e SL Benfica-Atlético de Madrid se encontra temporariamente suspensa. Assim que a mesma for reposta o clube informará”, refere o clube no seu sítio oficial.

A decisão dos encarnados surge poucas horas depois de também ter revelado a decisão da UEFA em punir o clube com “um jogo à porta fechada, com pena suspensa de dois anos”, em consequência dos incidentes em Madrid.

No jogo com o Atlético Madrid, da segunda jornada do grupo C da Champions, disputado a 30 de setembro, alguns adeptos ‘encarnados’ atiraram tochas contra adeptos do Atleti, tendo uma delas atingido uma criança, pouco depois de o Benfica ter marcado o golo do empate, num encontro que acabou por vencer por 2-1.

A situação levou a que o clube anunciasse que está a estudar medidas a adotar para combater estes atos e que admite “a não-requisição de bilhetes para jogos fora” e a “identificação de todos os detentores de bilhetes para jogos europeus”.

OJE

Recomendadas

Reabilitação do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra já foi consignada

A primeira fase de reabilitação dos pavilhões do Centro Municipal de Desportos Náuticos de Coimbra, orçada em 338 mil euros, foi consignada hoje, revelou o município.

Mundial2022: Qatar retifica que morreram 40 trabalhadores nas obras dos estádios

Um porta-voz do Campeonato do Mundo de Futebol do Qatar retificou hoje o número anteriormente anunciado por um responsável de trabalhadores mortos na construção dos estádios para a competição, de “entre 400 e 500” para 40.

Mundial 2022. Qatar assume a morte de “entre 400 a 500” trabalhadores migrantes

“A estimativa é de cerca de 400” mortes de trabalhadores migrantes na construção dos estádios, de acordo com as declarações do principal responsável pela coordenação entre entidades públicas e privadas na construção dos estádios da competição. Estes números contradizem as estimativas de que terão morrido milhares de trabalhadores.