SNQTB e SIB anunciam aumentos salariais de 0,9% no Crédito Agrícola para 2021

O Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) e o Sindicato Independente da Banca (SIB) conseguiram na revisão do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Crédito Agrícola para 2021 uma atualização salarial e das cláusulas com expressão pecuniária de 0,9%, ao que acresceu o aumento do valor diário do subsídio de almoço para 9,90 euros.

O  Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários (SNQTB) e o Sindicato Independente da Banca (SIB) “conseguiram na revisão do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) do Crédito Agrícola para 2021 uma atualização salarial e das cláusulas com expressão pecuniária de 0,9%, ao que acresceu o aumento do valor diário do subsídio de almoço para 9,90 euros”, refere o comunicado dos sindicatos.

Perante esta atualização, SNQTB e SIB afirmam que “se comprova que os sindicatos têm a razão do seu lado e também no que respeita ao ACT do setor bancário era possível uma atualização para o ano de 2021 bem superior a 0,5%”.

“O Crédito Agrícola soube perceber, e reconhecer, o esforço e a dedicação dos seus trabalhadores no último ano, em vez de manter uma proposta de aumentos indigna”, refere Paulo Gonçalves Marcos, presidente do SNQTB.

“Os SNQTB e SIB sublinham que relativamente ao ano de 2022, é igualmente por demais evidente que a aceitação de uma atualização de 1,1% no âmbito do ACT do setor bancário foi uma manifesta precipitação, lesiva dos interesses de todos os trabalhadores bancários, tanto mais que a inflação em Portugal disparou para 7,2% em abril, o valor mais elevado dos últimos 29 anos”, lê-se na nota.

Recomendadas

Alteração da percepção de risco foi ponto positivo da pandemia, destaca responsável da Prévoir Portugal

No painel “Novos Paradigmas: ramo vida e seguros de pensões”, do Fórum Seguros organizado pelo Jornal Económico, debateram-se as perspectivas de futuro para estes dois ramos. A literacia financeira mas também as exigências dos novos consumidores são temas que estão no foco das seguradoras.

BNU em Macau com lucro de 4,68 milhões no trimestre, menos 64% do que em 2021

O Banco Nacional Ultramarino (BNU) em Macau registou um lucro de 39,9 milhões de patacas (4,68 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2022, menos 63,6% em termos anuais.

Doenças crónicas, prevenção e preços mais altos são os principais desafios dos seguros de saúde

“Chamamos seguro de saúde, mas na verdade estamos a financiar o tratamento da doença”, lamentou o CEO da AdvanceCare no evento “Fórum Seguros 2022”, organizado pelo Jornal Económico.
Comentários