Sodexo Business Services assina parceria com o Kaizen Institute Portugal

O objetivo é o aumento de produtividade, eficiência e motivação dos colaboradores, bem como a redução de lead time dos processos e a otimização de recursos, diz a Sodexo.

A Sodexo Business Services assinou uma parceria com a empresa de consultoria Kaizen Institute Portugal, “para a adoção de uma metodologia de trabalho baseada em princípios de Lean Management – melhoria sustentada e eficiente do crescimento e desempenho de negócio”.

O objetivo é o aumento de produtividade, eficiência e motivação dos colaboradores, bem como a redução de lead time dos processos e a otimização de recursos, diz a Sodexo.

“As iniciativas de melhoria definidas para alcançar estes objetivos são organizadas em workshops com equipas multidisciplinares, que garantem o envolvimento e compromisso das pessoas no desenho e implementação dos novos standards de trabalho”, refere o comunicado.

“Durante os workshops e projetos, a equipa do Kaizen Institute Portugal, em coordenação com a equipa de Melhoria Contínua da SBS [ Sodexo Business Services], acompanha os processos selecionados e avalia o seu desempenho geral e a sua harmonização entre as várias equipas de cada geografia, de forma a conseguir imprimir melhorias concretas, que se traduzam na eficiência do crescimento e no desempenho de negócio da Sodexo Business Services”, diz ainda a empresa.

Para a Sodexo Business Services, as principais melhorias verificadas são a uniformização de processos entre as várias regiões, a normalização da operação contabilística e financeira da empresa, o aumento de produtividade através da análise crítica e redesenho de atividades, a deteção de oportunidades de automatização e a melhoria geral do serviço prestado pela empresa.

“O foco na otimização e na normalização dos departamentos financeiros permitir-lhes-á estabelecer relações cada vez mais próximas com as áreas de negócio e torná-las capazes de entregar processos globais alavancados, com experiências diferenciadoras para o cliente interno. Estas equipas devem ainda ser capazes de identificar oportunidades e pontos de pressão nos reportes financeiros, assim como prever a performance do negócio e fornecer recomendações valiosas às operações “, afirma em comunicado Alberto Bastos – Managing Director do Kaizen Institute Portugal.

Quanto aos projetos, o plano de execução incide sobre os processos mais críticos da empresa, para a sua otimização e melhoria.

“As sessões são realizadas de forma transversal, com os profissionais de operação e de direção, para que exista uma visão geral e holística de todo o processo de trabalho”, defende Diana Alves, Human Resources Manager, da Sodexo Business Services.

“O destaque é sempre dado à participação dos próprios executantes das atividades, onde reside o maior conhecimento dos principais problemas das operações, e de onde surgem os insights que permitem os desenhos de solução”, conclui Diana Alves.

“Esta metodologia imprime um espírito de melhoria contínua e empodera as equipas a influenciarem os processos que estão a executar na empresa”, avança a Sodexo.

Recomendadas

TAP. Técnicos de manutenção de aeronaves pedem fim dos cortes salariais

A concentração foi organizada pelo SITEMA – Sindicato dos Técnicos de Manutenção de Aeronaves e juntou centenas de associados, primeiro junto a um dos hangares da TAP, prosseguindo em marcha até à portaria principal da companhia aérea portuguesa.

Santander Totta com aumento de capital de 135 milhões totalmente realizado

O Banco liderado por Pedro Castro e Almeida concluiu o aumento de capital que tinha sido aprovado a 4 de maio.

TAP. Ministro diz que não é tema polémico e defende aposta semelhante à da ferrovia

O ministro das Infraestruturas defendeu esta terça-feira, em Oeiras, que a TAP não é um tema polémico e defendeu uma aposta na aviação, semelhante à que foi realizada na ferrovia, com a participação dos setores público, privado e da academia.
Comentários