Sporting SAD volta a negociar em bolsa com uma subida de 4,9%

Durante a manhã, as ações não sofreram alterações por não ter havido correspondência entre as ordens de venda e as de compra. Os títulos voltaram a negociar e valem agora 0,75 euros.

A equipa do Sporting chega esta tarde ao Jamor onde se disputa a final da Taça de Portugal entre o Desportivo das Aves e o Sporting, Oeiras, 20 de maio de 2018. MIGUEL A. LOPES/LUSA

As ações do Sporting Clube de Portugal subiram esta segunda-feira 4,9%, após terem estado congeladas durante a manhã. Numa altura de instabilidade para o clube dos leões, tanto em termos desportivos como empresariais, as ações valem 0,75 euros e acumulam um ganho de 6,73% desde o início do ano.

Uma vez que se trata de um título com pouca liquidez, a negociação das ações do Sporting são feitas por chamada duas vezes ao dia (às 10h30 e às 15h30), em vez de negociarem continuamente.

O clube encontra-se também mergulhado numa onde de forte instabilidade interna, depois de jogadores e equipa técnica terem sido atacados na Academia de Alcochete por um grupo de cerca de 50 pessoas, das quais 23 foram detidas pela GNR.

A nível financeiro, o Sporting conseguiu este fim de semana adiar o pagamento de um empréstimo obrigacionista de 30 milhões de euros para 26 de novembro. No entanto, o clube está a enfrentar dificuldades para realizar o seu primeiro empréstimo obrigacionista este ano, que servirá para financiar a atividade corrente e fazer face ao cumprimento de serviço de dívida e tesouraria.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) pediu aos responsáveis da  Sporting SAD mais informações para atualizar o prospecto do empréstimo obrigacionista de 15 milhões de euros. O regulador do mercado de capitais quer que sejam incluídos todos os “riscos atuais” que decorrem, entre outros, da possibilidade de rescisões unilaterais de vários jogadores de futebol do clube, no seguimento do ataque.

O registo da operação só será feito após a CMVM ter “informação completa” para os investidores tomarem a decisão sobre a compra de obrigações. Contactos entre regulador e SAD são “permanentes”.

CMVM exige informação adicional à Sporting SAD para registar empréstimo de 15 milhões

Relacionadas

CMVM exige informação adicional à Sporting SAD para registar empréstimo de 15 milhões

O regulador não aprovou ainda o prospeto que permite ao Sporting financiar-se no mercado. Verba serve para pagar salários, ao fisco e a credores. CMVM pediu informação sobre “riscos actuais” que decorrem das recentes demissões nos órgãos sociais e ameaças de rescisões dor parte de vários jogadores.

Negociação das ações do Sporting suspensa depois de derrota na final da Taça de Portugal

O congelamento da negociação das ações do clube acontece um dia depois de os Leões terem perdido 2-1 contra o Desportivo das Aves na final da Taça de Portugal e num contexto de grande incerteza no Sporting.

Um prejuízo à espera de acontecer. Sporting CP pode perder ativos avaliados em mais de 200 milhões de euros

Que plantel vai ter o Sporting CP na próxima época? A conturbada relação do plantel leonino com a direção do clube pode resultar numa onda de rescisões em Alvalade. A partir de hoje, ‘leões’ podem perder ativos avaliados em mais de 200 milhões de euros.

“Sucessão de actos lesivos”: já estão a ser recolhidas assinaturas para destituir Bruno de Carvalho

O jornal “Expresso” indica que o documento circula entre os sócios do clube e bastam mil votos para o mesmo ser entregue a Jaime Marta Soares. Uma vez entregue, deve ser marcada uma Assembleia-Geral no prazo máximo de 30 dias.
Recomendadas

Wolves. A um mês do Mundial, o maior fornecedor da Seleção Nacional está em crise profunda

A pouco mais de um mês para o Mundial, a Seleção portuguesa corre o risco de ter uma boa fatia dos convocados a lutar pela manutenção na Premier League. O Wolves tem alguns dos melhores jogadores portugueses da atualidade, com um forte investimento sobretudo em jogadores da Gestifute. Tema estará em debate na edição desta sexta-feira do programa “Jogo Económico”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira, 6 de outubro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quinta-feira.

António Costa e Pedro Sánchez querem um Mundial2030 “para a paz”

“Já demonstrámos capacidade para organizar eventos de primeira linha. Portugal e Espanha estão prontos para receber, juntamente com a Ucrânia, o Mundial de futebol de 2030. Queremos um campeonato para a paz, mostrar o melhor do desporto, mas também os melhores valores da Europa”, escreveu o primeiro-ministro luso na rede social Twiiter, mensagem que também foi publicada pelo presidente do governo espanhol.
Comentários