Subida do outlook da banca anima Bolsa portuguesa

O mercado europeu abriu esta sessão de quinta-feira a negociar com ganhos ligeiros face ao fecho de ontem. O sentimento dos investidores está a ser fundamentado pela convicção, cada vez maior, no adiamento das taxas de juro de referência por parte da FED. Os maus dados chineses, bem como a publicação do Livro Beije, não deixam margem para dúvidas relativas ao timing […]

O mercado europeu abriu esta sessão de quinta-feira a negociar com ganhos ligeiros face ao fecho de ontem. O sentimento dos investidores está a ser fundamentado pela convicção, cada vez maior, no adiamento das taxas de juro de referência por parte da FED. Os maus dados chineses, bem como a publicação do Livro Beije, não deixam margem para dúvidas relativas ao timing da decisão da equipa liderada por Yellen. O alívio dos mercados acontece depois de duas sessões marcadamente negativas para as praças de Nova Iorque.

A possibilidade da taxa de referência, nos Estados Unidos, não ser aumentada já, favorece as matérias-primas, que têm sido penalizadas nos últimos meses. O sector mineiro eleva os ganhos de Londres para cima de 1%, mesmo considerando a queda da Burberry de mais de 8%, devido essencialmente às quebras nas vendas.

Em Portugal o sentimento é igualmente optimista. A Moddy’s subiu o outlook da banca portuguesa de “negativo” para “estável”. A confiança depositada num setor tão sensível, animou os investidores, que fizeram o preço do BCP subir em mais de 3%. Pela segunda sessão consecutiva, o BCP ganhou valor, contrariando a aversão ao risco resultante do contexto político negativo. É também cada vez maior a convicção de que o maior banco privado passará com sucesso nos testes de stress, no final do mês.

O setor da pasta de papel está também a ser beneficiado depois de algumas casas de investimento terem recomendado a compra do título. Os investimentos recentes da Portucel adensam a expectativa de incremento nos resultados operacionais da empresa liderada por Queiroz Pereira.

OJE/X-Trade Brokers DM

Recomendadas

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Wall Street começa semana em terreno negativo

O Dow Jones começou o dia em Wall Street a perder 0,23% para 34.269,38 pontos, o S&P 500 a ceder 0,59% para 4.002,33 pontos e o tecnológico Nasdaq a recuar 0,38% para 11.183,44 pontos. 

PSI no ‘vermelho’ a meio da sessão pressionado pela energia

A EDP Renováveis perde 2,83% para 21,95 euros, a EDP recua 1,92% para 4,39 euros, a Galp desvaloriza 1,95% para 11,29 euros e a Greenvolt cai 2,35% para 7,90 euros.