Subscrição de 8 dólares do Twitter deve voltar na próxima semana (com áudio)

A nova modalidade do Twitter Blue, que foi suspensa na sexta-feira porque houve uma multiplicação de contas falsas na rede social, deverá voltar daqui a poucos dias, segundo Elon Musk.

O adeus ao Twitter Blue, a versão premium da rede social dos tweets, foi sol de pouca dura. O famoso selo azul para contas verificadas que paguem uma subscrição mensal deverá regressar já na próxima semana, depois de a versão para assinantes ter sido cancelada na sexta-feira por erros com contas falsas.

A informação foi transmitida este fim de semana pelo dono do Twitter, Elon Musk, numa resposta a um utilizador que perguntava diretamente ao empresário norte-americano: “Quando é que o Twitter Blue volta?”. A resposta a Paul Jamil, um dos utilizadores certificados, foi a seguinte: “Provavelmente, no final da próxima semana”.

Na sexta-feira, o Twitter suspendeu o seu serviço de assinatura para obtenção do selo azul a 8 dólares por mês, porque houve uma multiplicação de contas falsas a nascer na rede social e a causar problemas. Por exemplo, a farmacêutica Eli Lilly viu-se obrigada a emitir um pedido de desculpas público na sequência de numa conta falsa ter escrito que a insulina passaria a ser gratuita.

Além desta empresa do sector da saúde, outras figuras mediáticas como o jogador de basquetebol LeBron James ou mesmo o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush foram alvo de falsificação de contas de Twitter. Segundo a imprensa norte-americana, a tecnológica terá informado os trabalhadores ainda na quinta-feira à noite, véspera da suspensão, que o serviço seria temporariamente cancelado para se poder resolver esses “problemas de personificação”.

A nova modalidade do Twitter Blue – até então o sinal de “certo” azul estava reservado a contas verificadas de políticos, jornalistas e outras personalidades famosas – foi lançada no início desta semana como uma forma de a empresa reter anunciantes e aumentar a receita. A ideia era que qualquer pessoa que estivesse disposta a pagar aquela mensalidade pudesse ter uma conta verificada (com o selo azul).

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários