SunEnergy cresce 50% no primeiro semestre deste ano

A empresa portuguesa, especialista em soluções de produção de energia elétrica a partir do sol, atingiu um volume de negócios de 5.5 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano e quer duplicar o número de delegações, em todo o país, de 10 para 20, até fim do ano.

A SunEnergy, especialista em soluções de produção de energia elétrica a partir do sol, atingiu um volume de negócios de 5.5 milhões de euros no primeiro semestre de 2022, crescendo 50% em relação ao mesmo período do ano passado e mantendo a tendência de crescimento depois de ter o melhor ano de sempre em 2021.

“Numa altura em que a energia está em valores historicamente muito elevados nos mercados, quer particulares, quer empresas, têm vindo a recorrer cada vez mais à energia solar, que apresenta vantagens económicas e ambientais claras, sobretudo num país como Portugal que tem condições privilegiadas para a sua exploração”, afirma em comunicado Raul Santos, CEO da SunEnergy.

“Apesar dos bons resultados, continuamos ambiciosos e queremos duplicar o número de delegações Sunenergy, em todo o país, de 10 para 20, até fim do ano”, conclui.

A empresa portuguesa instalou mais de 8.500 painéis solares, “atingindo uma potência total instalada de 3.700 kW, prevendo uma produção de energia de 5 MWh e uma poupança de mais de 650 mil euros por ano aos seus clientes, para além de uma redução anual de 1.400 toneladas de emissões de CO2. Com a energia produzida pelos painéis instalados no primeiro semestre de 2022, é possível alimentar mais de 1.500 casas por ano”.

O primeiro semestre ficou ainda marcado pelo “fecho de novos grandes contratos e pelas instalações do primeiro HUB de carregamento de veículos elétricos em Portugal, em Leiria, e do Posto de Carregamento de Viaturas Elétricas Ultrarrápido (PCUR), em Santarém, dando assim, a Sunenergy início a uma nova área de negócio”, conclui a nota.

Recomendadas

Empresas reafirmam investimento contra riscos cibernéticos

A cibersegurança é uma prioridade para as empresas. O reforço do investimento na proteção de contra ataques mantém-se apesar da conjuntura atual marcada pela subida dos custos. 

Equinix cria fundo solidário de 50 milhões para promover a inclusão digital

A empresa de tecnologia norte-americana criou uma nova estrutura de apoio educativo. O conselho de administração da fundação irá, todos os anos, determinar o montante de doações da fundação, de modo a cobrir a concessão de contribuições ou a correspondência com as ofertas dos colaboradores.

Tecnológica portuguesa Innowave compra Cycloid

Desde 2018 que o grupo tem uma forte estratégia de M&A. “Esta aquisição é mais um passo na nossa estratégia de crescimento, materializada também na criação de centros de competência em Portugal, como é o caso de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Beja”, afirmou o CEO da Innowave, Tiago Gonçalves.
Comentários