Super Bock Group e Media Capital assinam acordo com Fundação José Neves para emprego jovem

Esta iniciativa considera jovens até aos 29 anos, inclusive, e tem por objetivo “conduzir a uma mudança real no atual contexto de vulnerabilidade associado ao emprego dos jovens em Portugal”.

Depois da NOS é a vez do Super Bock Group e da Media Capital assinarem o “compromisso para mais e melhor emprego para os jovens” que é promovido pela Fundação José Neves.

Esta iniciativa considera jovens até aos 29 anos, inclusive, e tem por objetivo “conduzir a uma mudança real no atual contexto de vulnerabilidade associado ao emprego dos jovens em Portugal”.

O “Pacto Mais e Melhores Empregos para os Jovens” surge na sequência do lançamento do Livro Branco, em dezembro de 2022, uma iniciativa da Fundação José Neves, do Observatório do Emprego Jovem e da Organização Internacional do Trabalho para Portugal que apresenta um diagnóstico sobre o emprego jovem e aponta várias áreas de intervenção prioritárias.

Super Bock Group aposta na captação de talento

“O Super Bock Group reforça a sua aposta na captação e retenção de talento ao ser uma das empresas signatárias do Pacto Mais e Melhores Empregos para os Jovens”, diz o comunicado. Através desta parceria, a maior empresa portuguesa de bebidas gaseificadas compromete-se, até 2026, a atingir metas de empregabilidade que garantam emprego de qualidade e oportunidades de desenvolvimento e formação.

Rui Lopes Ferreira, CEO do Super Bock Group, destaca que “o Super Bock Group é uma empresa que, pelas especificidades da sua operação, cruza realidades e gerações muito distintas, com colaboradores que têm percursos diversificados em termos culturais e geográficos. Nesse sentido, um dos nossos desafios é conseguir reter quem já está connosco e ser atrativos no mercado para captar novo talento, nomeadamente talento jovem, com as adequadas qualificações e dando-lhes oportunidades de crescimento dentro da organização”.

“Esta é uma das nossas prioridades e é assim que desenvolvemos a nossa política de RH. A assinatura deste Pacto vem reforçar, publicamente, este nosso compromisso em contribuirmos positivamente para a taxa de empregabilidade do país, nomeadamente na criação de oportunidades para o crescimento do emprego jovem de qualidade”, diz.

Media Capital assinou o “Pacto Mais e Melhores Empregos para os Jovens”

A Media Capital assinou o “Pacto Mais e Melhores Empregos para os Jovens”, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e tem como objetivo operar uma mudança real no atual contexto de vulnerabilidade associado ao emprego dos jovens.

A iniciativa decorre do “Livro Branco Mais e Melhores Empregos para os Jovens” e é promovida pela Fundação José Neves e pelo Governo, através da Secretaria de Estado do Trabalho.

Com esta parceria, a Media Capital compromete-se, até 2026 e através de um conjunto de metas fixadas, a reforçar a aposta em diversos indicadores, nomeadamente a contratar e a reter jovens trabalhadores, a promover emprego de qualidade para os jovens, a formar, desenvolver e a dar voz aos jovens.

Pedro Morais Leitão, CEO da Media Capital, refere em comunicado que “a Media Capital saúda esta iniciativa e, naturalmente, se associa à mesma. Num ano em que celebramos o 30º aniversário da TVI, a energia, inovação e espírito disruptivo que os jovens nos aportam contribuirão para uma empresa virada para o futuro e adaptada às novas tendências. A atração e retenção de talento jovem será uma prioridade com um impacto decisivo na nossa atividade”.

 

Relacionadas

NOS assina acordo com Fundação José Neves para impulsionar emprego jovem

Em comunicado, a operadora diz que com este acordo, e através de um conjunto de metas estabelecidas, a NOS compromete-se até 2026 a reforçar diversos indicadores, nomeadamente a contratar e a reter jovens trabalhadores, a garantir emprego de qualidade e a criar oportunidades de desenvolvimento e de carreira para os jovens em Portugal.
Recomendadas

Santander com mais 30% de amortizações antecipadas de crédito à habitação

Num ano em que qualquer amortização antecipada de crédito hipotecário está isenta de comissões, o banco regista já um aumento de 30% das amortizações antecipadas nos últimos três meses, face ao padrão que existia.

PremiumSantander insta BdP a rever regra dos créditos da casa

À Euribor e spread, o regulador recomenda que se somem outros 3% à taxa final na análise da banca à solvabilidade dos clientes nos créditos a taxa variável. Para o Santander, esta regra deveria ser revista perante a subida dos juros.

Zmar avança com despejo de 50 proprietários. Sunny Resorts oferece 10 milhões de euros

O Zmar está em processo de insolvência. Cerca de 420 credores reclamam créditos de mais de 40 milhões de euros.
Comentários