Surface Pro 4 chega a Portugal

O Surface Pro 4 chega esta quinta-feira a Portugal. “O tablet que substitui o seu portátil emagreceu, perdeu peso e e é mais rápido”, diz a Microsoft. O preço? a partir de 1029 euros.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Microsoft anunciou a chegada do novo tablet Microsoft Surface Pro 4 a Portugal. “O tablet que substitui o seu portátil emagreceu, perdeu peso e e é mais rápido”, alega a multinacional norte-americana, que apresentou mundialmente esta e outras novidades no início do mês de outubro.

O fabricante assinala que o equipamento é “mais fino, mais leve e mais rápido que os seus antecessores” e executa as novas versões do “Microsoft Office e o Windows 10 na perfeição”.

O Surface Pro 4 chega às lojas esta quinta-feira, 19 de novembro, e vai custar a partir de 1029 euros. Estará disponível nos principais retalhistas do país. Para além do equipamento serão ainda disponibilizados acessórios como a capa teclado ou a caneta, redesenhados e igualmente apresentados no início de outubro.

O novo modelo da linha Surface é uma evolução do Surface Pro 3 com “mais potência de desempenho”, sendo mais fino e mais leve que os modelos anteriores. O novo modelo foi “concebido para executar o Microsoft Office completo e dar vida ao melhor do Windows 10, incluindo o Windows Hello, a Caneta para Surface, o Microsoft Edge e a Cortana”, assinala a empresa fundada por Bill Gates, em comunicado.

Em Portugal estão disponíveis os modelos Surface Pro 4 Intel Core m, Core i5 e Core i7 na MicrosoftStore.com, e nos principais retalhistas: Alientech, Box Jumbo, El Corte Inglés, Fnac, Globaldata, Media Markt, Novo Atalho, PC Diga, Phonehouse, Rádio Popular, Staples e Worten.

“O Surface Pro 4 alia o desempenho de um computador portátil e a capacidade total do Windows 10 à portabilidade de um tablet. O Surface transformou a categoria ao focar-se na produtividade, criando um dispositivo altamente versátil que as pessoas adoram utilizar”, afirma Rita Santos, diretora da unidade de negócio Windows e Surface na Microsoft Portugal.

O Surface Pro 4 inclui o Windows 10 Pro e tem uma espessura de apenas 8,4 mm. O ecrã PixelSense Display tem 12,3 polegadas e inclui processadores Intel Core m, Core i5 e Core i7 de sexta geração.

A Surface Pro 4 Type Cover, permite transformar o tablet em computador portátil num instante e incluem um teclado mecânico redesenhado, com espaço ideal entre as teclas para uma escrita rápida e fluída, explica a Microsoft.

A redesenhada Caneta para Surface integra 1.024 níveis de sensibilidade à pressão, permitindo-lhe escrever, desenhar e marcar documentos com tinta de precisão e borracha em ambas as extremidades, adianta a multinacional.

A  Microsoft expandiu o canal de vendas do Surface para quase 5.000 revendedores em todos os mercados do Surface, para que as empresas possam incorporar o Surface de forma mais rápida e fácil nos seus ambientes.

OJE

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.