Suspeito paquistanês detido no ataque em Berlim já foi libertado

Verdadeiro autor do ataque que vitimou 12 pessoas em Berlim continua em fuga. Suspeito está armado e pode “provocar mais danos”.

Hannibal Hanschke/Reuters

O paquistanês de 23 anos detido esta terça-feira de manhã por ser o presumível autor do ataque com um camião a uma multidão que se encontrava num mercado de Natal no centro da cidade de Berlim já foi libertado.

Segundo fonte policial, as suspeitas levantadas em torno do eventual envolvimento do imigrante paquistanês no ataque revelaram-se infundadas. O suspeito terá negado, desde o início, ser o procurado Naved B.

Entretanto prosseguem as investigações para tentar encontrar o verdadeiro autor do ataque que, segundo a polícia de Berlim continua ‘a monte’ e “está armado”, “podendo provocar mais danos”.

O presumível atentado terá ocorrido às 20h15 locais (19h15 em Lisboa) desta segunda-feira, quando um camião investiu contra a multidão num mercado de Natal, no centro da capital alemã. O ataque vitimou 12 pessoas e outras 48 ficaram feridas.

O co-piloto do veículo terá morrido durante o ataque.

Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Peru: Vice-Presidente investida como nova chefe de Estado

Dina Boluarte, anterior vice-presidente peruana, foi empossada como a nova chefe de Estado, depois de Pedro Castillo ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a dissolução daquele órgão.

Irão: Greve resulta em mais um dia de repressão de protestos estudantis

O Irão viveu mais uma jornada de greve com o comércio parcialmente fechado e manifestações de estudantes universitários contra o regime, reprimidas pelas forças de segurança.
Comentários