Suspeito de planear ataque no Ano Novo detido em França

Um pouco por toda a Europa, estão a ser redobradas as operações de segurança dado o risco de novos atentados durante o Ano Novo.

As autoridades francesas detiveram esta quarta-feira um homem suspeito de planear um ataque terrorista na noite de fim de ano, em França.

A Reuters adianta que o homem foi detido em Cugnaux, no oeste de Toulouse. O suspeito era “conhecido da polícia” e já estava sob a mira das autoridades francesas.

Na terça-feira, uma outra operação em Toulouse deteve duas pessoas, uma delas suspeita de estar a planear um possível ataque contra a polícia.

As operações de segurança estão a ser redobradas em vários países europeus, que foram alvo de ataques terroristas recentemente, como a França, o Reino Unido e a Alemanha, para a eventual possibilidade de novos atentados durante o Ano Novo.

Recomendadas

Banco Popular da China pede aos bancos para suportarem a moeda chinesa nos mercados internacionais

A China pediu aos seus bancos que se preparem para socorrer o yuan, face à crescente agitação provocada pela valorização do dólar face ao yuan, face ao euro e face à libra, avança o El Economista.

Alemanha não vai seguir “política fiscal expansionista” do Reino Unido

As medidas anunciadas pela Alemanha para mitigar a crise energética incluem cortes nos impostos com o intuito de impulsionar a economia. No entanto, existe o risco de causarem um disparo na inflação, bem como a desvalorização da moeda, tal como aconteceu com o Reino Unido.

Líbano. Crise política não abranda: Parlamento não consegue eleger presidente

Beirute não tem um governo em funcionamento desde maio e o atual primeiro-ministro, Najib Mikati, não tem legitimidade suficiente. Acentuando a crise política – paralela à económica – não foi possível ao Parlamento eleger o presidente do país.
Comentários